segunda-feira, 7 de outubro de 2013

The Blacklist


Na semana passada o canal pago Sony começou o mês de outubro com a nova série The Blacklist, que está detonando horrores na audiência do primetime (horário nobre) americano.

James Spader, ator de rostinho conhecido da série Boston Legal (ou Justiça Sem Limites no Brasil), está de volta agora num papel que pode marcar para sempre a sua carreira. Ele vive Raymond Reddington, a.k.a. Red, um periculoso fugitivo procurado pelo FBI que se entrega à sede investigativa da capital dos EUA -- Washington, D.C.. Isso ele faz com a intenção (melhor dizendo, um plano) para se safar de chefões do crime. Para isso o bandidão careca irá se aliar ao FBI. Para cooperar com o órgão do governo, a nova detetive Elizabeth Keen é convocada para interrogar Red, pois será a única a obter respostas.

A primeira missão dessa "aliança" é capturar o terrorista Ranko Zamani, que ameaça sequestrar a filha de um general do Pentágono. Este é o primeiro de muitos outros terroristas que está numa lista negra que apenas Red tem conhecimento de uma coleta de dados que ele reúne há mais de 20 anos. A trama também mostra uma situação paralela entre Keen e seu marido, que lutam para conseguir adotar uma criança e formar uma família, afim de criar uma redenção para a policial. Mas Keen não imagina que seu cônjuge esconde um passado que pode complicar sua vida. Essa descoberta é um gostinho de "quero mais" para o segundo episódio.

The Blacklist estreou em 23 de setembro pelo canal NBC e uma semana depois, em 1 de outubro, foi a vez de nós brasileiros conferirmos na TV por assinatura. O episódio piloto superou a audiência de Castle e da novata Hostages na faixa das dez da noite das segundas-feiras nos EUA. Ah, o seriado vai para o terceiro episódio e foi o primeiro da temporada 2013-14 a garantir temporada completa de 22 episódios. É surpreendente e tem tudo para deixar o telespectador na ponta do sofá. Assim esperamos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário