quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Digimon Tamers na TV Diário! Dá certo?


Antes de sair de casa pra trabalhar eu liguei a TV pra saber qual o desenho estava passando no programa infantil Algodão Doce da TV Diário (canal 22 de Fortaleza). Isso porque todo trimestre a emissora renova a grade dos enlatados "mirins". Agora está passando o Digimon Tamers. Já é a terceira série da franquia Digimon que o canal passa. A primeira foi o clássico Digimon Adventure (entre abril e junho) e Digimon Savers/Digimon Data Squad (entre julho e setembro).

Por um lado, é legal que passe, mesmo não tendo expressividade e o mesmo sucesso de antigamente. Alguém tá assistindo e com certeza deve haver um ou outro da nova geração que tá acompanhando pela primeira vez. Segundo uma fonte fidedigna, a TV Diário paga devidamente à Toei pela exibição. Agora, sendo franco, o que adianta investir em um anime e não passar na ordem ou deixá-lo incompleto? No caso da primeira temporada de Digimon, passou em ordem até o episódio 30. Coisa que aconteceu como milagre na Diário... até o meio da história. Começa tudo de novo e fica por isso mesmo até sair da grade de programação.

Quem assiste ou tenta assistir algum desenho na TV Diário sabe como é a tortuoso ver os episódios de Cavaleiros do Zodíaco, Shurato, Samurai X sendo pulados ou passarem fora de ordem. No começo eu me animava porque algum canal local passava de alguma maneira. Mas foi passando os dias e desanimei por causa desse furdúncio todo. Eu lembro que há dois anos atrás, quando estava de férias, eu fiquei pê da vida em ter que engolir metade de um episódio dos Thundercats num dia e ver a outra metade no outro dia. É dose, bicho! Não existe isso! Tem também uma coisa que eu não suporto mais na TV aberta que é ver tema de encerramento sendo cortado na metade ou ficar ausente. Sou chato mesmo com esse detalhe e não volto atrás. Episódio tem que passar de cabo a rabo e tem que ter abertura, eyecatch, encerramento e preview do episódio seguinte.

Se o Digimon Tamers vai vingar na TV local é algo obviamente improvável. Pode até passar na ordem. E quem paga o pato são os telespectadores (otakus), e a garotada nova fica a ver navios sem entender e como acompanhar direito os enredos. Depois anime é tudo a "mesma coisa". Nada levado a sério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário