quarta-feira, 1 de junho de 2016

Kamen Rider Amazons é o exemplo que a Toei Company deveria tomar

Que Kamen Rider Amazons é uma excelente série, isso já sabemos. Voltado para o público adulto, a Toei Company está investindo num novo formato para os padrões do estilo

Os Amazons vão ensinar como é que se faz
tokusatsu. Cada episódio foge do padrão habitual da TV japonesa de 23-24 minutos contados (desconsiderando os intervalos comerciais) e a duração varia entre 30 a 45 minutos.

O total de episódios não é uma novidade: 13 episódios. Um cour/trimestre completo, assim como acontece em várias séries de anime e algumas séries corujões recentes do tokusatsu como Lion Maru G, Voicelugger, Ultraseven X, Neo Ultra Q (as duas últimas tiveram 12 episódios cada), Akibaranger (cada uma das duas temporadas tiveram 13 episódios). Nesta terça-feira (31) foi anunciada oficialmente pelo serviço de streaming Amazon Prime uma nova temporada para Kamen Rider Amazons na primavera japonesa de 2017. Junto à esta novidade, o serviço também anunciou um spin-off de Ultraman para o fim do ano.

Tanto a Toei (que tem o erro de não expandir o mercado para o ocidente) quanto a Tsuburaya estão embarracando no formato de web séries. Certamente a influência se deve ao boom das Originals Netflix. O mesmo está acontecendo agora com as séries de tokusatsu. Quem acompanha o blog sabe que há tempos venho dizendo que o futuro do tokusatsu e dos animes é o streaming. Não sei se isso vai levar ao fim do tokusatsu na TV japonesa. Longe de cogitar isso. Mas acredito que mais cedo ou mais tarde as emissoras terão que se adaptar as novas tendências, de alguma forma ou de outra.

Kamen Rider Amazons é um exemplo que as séries dominicais da franquia dos motoqueiros mascarados e os Super Sentais deveriam tomar daqui pra frente. Tem muita gente que ainda está acostumada com o padrão sequencial destes dois produtos da Toei. É aquele velho lance de terminar uma série e começar outra no lugar. O fato é que isso vem desgastando as séries ao longo do tempo. Só quem está se salvando mesmo é Zyuohger que vai muito bem. As Ultra Series também estão mandando a ver lançando novos Ultraman por temporada e intercalando com hiatos e estabelecendo um total de episódios. No caso de Ultraman Orb, a série está prevista para ter 25 episódios.

Quem sabe a Toei se veja um dia na necessidade de fazer um revezamento entre Kamen Rider e Super Sentai. Tipo, seis meses para uma franquia e outros seis meses para a outra franquia. Um hiato é sempre bom pra revigorar a criatividade. E tanto os Amazons quanto os Ultramen tem tudo pra mostrar pra própria Toei que o caminho é esse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário