quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Um papo de roda bacana sobre De Volta para o Futuro em episódio de The Big Bang Theory

Sheldon explicando sua teoria sobre a alternância de tempo no filme de Spielberg

Nesta segunda-feira (20) foi ao ar pela Warner o quinto episódio da atual temporada de The Big Bang Theory. E durante o episódio rolou um papo interessante sobre o filme De Volta para o Futuro II, do diretor Steven Spielberg. Aquele onde Marty McFly e o Dr. Emmett Brown, interpretados respectivamente por Michael J. Fox e Christopher Lloyd, vão para o não tão longínquo ano de 2015.

Durante uma reunião entre Sheldon, Leonard, Howard e Raj, que estão dissecando seus materiais de filmes das antigas, eles começam a ter ideias futurísticas para suas invenções. Quando os caras começam a assistir ao filme, Sheldon cria suas suposições quanto à viagem no tempo que Biff Tanner faz de 2015 para o ano de 1955.

Para quem não assistiu ou não lembra muito bem o que aconteceu no filme, quando Marty e Doc vão para o próximo ano, numa missão para impedir que o filho do jovem no futuro seja preso, eis que o velho Biff (com 77 anos pra ser mais exato) consegue um almanaque sobre jogos esportivos que compreendem entre os anos de 1950 e 2000. A intenção do velho foi levar este material para o seu "eu" de sessenta anos antes. Afim de que ele tenha bastante sucesso e seja podre de rico. Como resultado de sua proeza, o futuro pós-1955 foi alterado e o Biff de 2015 desaparece logo após voltar para onde roubou o DeLorean. Pois não há sentido nenhum dele existir.

Analisando este ponto, Sheldon se indaga com seus companheiros de como seria o "2015-alternativo", resultado pela mudança de Biff. Uma indagação importante citada seria de como este almanaque poderia ainda existir com tais mudanças no futuro. Poderia ser um furo na trama do filme? Talvez. Mas nunca se sabe, já que Biff nunca revelou possuir o tal almanaque pra ninguém. Ninguém a não ser para Marty McFly em "1985-alternativo". É difícil dizer o que mudaria em 2015, mas isso não contaria muito pra trama. A não ser que a produção quisesse realmente dar um gancho ou uma desculpa pra envolver este tempo pela segunda vez. Ainda acho que isso faz sentido e é válido pro desenrolar do filme. Mas questões muito aprofundadas sobre viagem no tempo dão um nó tremendo no cérebro. Ainda sobre a conversa, foi engraçado o Raj satirizar com o nome do Biff e fazer muita ora com isso. Só assistindo para entender.

Falando sobre De Volta Para o Futuro, ontem foi o dia em que Marty e Doc vão para o futuro daqui a um ano, no dia 21 de outubro de 2015. Será que daqui a doze meses andaremos com hoverboards? Teremos Tubarão 19 nos cinemas? O trânsito será aéreo? O Presidente Americano será uma mulher? A cultura japonesa influenciará a moda americana? Teremos TV com multi-canais? Princesa Diana será Rainha da Inglaterra?... (Cuma?!) Opa! É melhor parar de viajar e viver a nossa realidade, né?


Olha o velho Biff lá atrás.

Um comentário:

  1. Sacada Excelente...

    O Futuro de BACK TO THE FUTURE e o Nosso Futuro Seriam um Paradoxo entre o Fascínio...

    A Mesma Coisa Acontece no Episódio "De Volta para o Presente" de Harvey: O Advogado (HARVEY BIRDMAN: ATTORNEY IN LAW) em Que nos Jetsons (Num Longíquo futuro de 2001) viajam para o Presente de 2002 resolver uma causa...

    ResponderExcluir