quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Kamen Rider Drive começa com retorno das origens dos Neo-Heisei Riders

Rider motorista começa com boa acelerada

Neste domingo (5) foi ao ar pela TV Asahi (no Japão, é claro) o primeiro episódio de Kamen Rider Drive. Ainda é cedo pra dizer se será uma série promissora, mas começou muito bem. Como é padrão de várias séries de tokusatsu, tudo ficou na introdução pra depois as pontas serem ligadas e explicadas a partir do segundo episódio.

Drive resgatou a essência dos Neo-Heisei Kamen Riders (De W pra frente), voltando com aquela pegada mais carismática e com alívios cômicos. Quase chegando a infantil. Ou seja, Kamen Rider Gaim cumpriu do início ao fim sua promessa e meta para resgatar a essência da primeira década dos Heisei Riders (De Kuuga ao Decade). Só em ter o roteiro do competente Riku Sanjô, o mesmo de Kamen Rider W (Double), já é motivo pra esperar algo com excelência daqui pra frente. Claro que o roteiro pode sofrer alguma ou outra derrapada, né? Pra alegria de muitos, e minha também, o herói apanhou e ralou no chão em forma civil, como já vinha acontecendo desde o Kamen Rider OOO (Ôzu). Isso é essencial para todo tokusatsu de qualquer época.

Essa dupla parece ter saído de um dorama...

A interação entre o herói Shinnosuke Tomari e sua parceira policial Kiriko Shinjima passa uma boa impressão. Kiriko, pro ser fria e seguir os passos de Tomari, lembra um gênio de "anê" (irmã mais velha). Só que a garota não é gasguita, mas também não passa um sorriso no rosto. Tomari já tem um jeito mais largado, após ter passado por uma desaceleração no dia em que seu amigo morreu por acidente.

O ataque noturno dos Roidmude, mostrada no início do episódio, foi algo digno de cinema. Temo que esses ataques de desaceleração fiquem cansativos. A vulnerabilidade para cair na mesmice é maior. Nada que uma boa inovação não possa resolver isso futuramente. Ah, a ideia de Drive ter uma base secreta e um cinto falante é bacana.

Torço pra que seja uma ótima série e espero que minhas apostas estejam certas ou superem minhas expectativas. Tem tudo pra ser uma ótima série ou mais que isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário