terça-feira, 11 de outubro de 2016

Tsuburaya apela para o estilo "moe" em Kaiju Girls

As heroínas monstrinhas

Esta série de anime foi uma das primeiras a estrear na atual temporada de outono. No ano em que comemoramos as cinco décadas das séries Ultra, a Tsuburaya apela para o antropomorfismo moe e lança semanalmente Kaiju Girls, sempre às terças-feiras.

No primeiro tive a impressão de ser um mero caça-níquel inútil, mas vem deixando simpatia com referências aos clássicos monstros das séries Ultra. A ideia é mostrar garotas que herdam poderes de kaijus. O trio principal é formado por garotas de 16 aninhos e são baseadas nos monstros de capsula do Ultraseven (Agira, Miclas e Wisdam). Há também garotas com poderes de Zetton, Pigmon, Eleking, etc.

Pode aparentar não ser lá uma grande coisa (a pretensão da série não é das maiores), mas vale a pena acompanhar e se deixar levar pelo bom humor. As heroínas ainda estão na fase de descoberta dos seus poderes. Um novo inimigo deve aparecer em breve. Quem será o vilão a cair no antropomorfismo, hein?Mesmo quem não é fã do estilo moe vai gostar do programa, tanto pelas referências quanto pela graciosidade das Kaiu Girls.

Kaiju Girls está disponível no Brasil via simulcast pelo canal de streaming Crunchyroll.

Nenhum comentário:

Postar um comentário