segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Deixe disso, Toriyama! Você tem que parar de brincar com seu próprio espaço-tempo

A dupla do mal de Dragon Ball Super

Eu tento entender a lógica de Akira Toriyama sobre o espaço-tempo em Dragon Ball Super e definitivamente não encontro outra explicação a não ser que o futuro é um outro universo paralelo. Tá bem na vista, né? E sinceramente não dá pra engolir assim tão fácil. Por mais que haja uma justificativa dos atos de Black Goku e Zamasu, é possível notar furos na cara do espectador.

Zamasu - que está no futuro - é diferente do Zamasu que foi destruído no passado por Bills. Ou seja, não importa o que aconteça com o seu "eu" do passado, o seu "eu" do futuro estará ileso. Entenda: tudo isso sobre duas linhas do tempo que são tratadas como universos paralelos. Detalhe: dentro de uma mesma linha, se é que existe mesmo continuidade.

Black Goku surge como um vilão que conseguiu um ás ao possuir o tal Anel do Tempo. Também sequer sofreu alteração de tempo. Ele matou o Kaiohshin para se unir a Zamasu. Mas há alguns episódios atrás vimos Goku e sua turma salvá-lo das garras do traidor. Como foi visto desde o episódio passado, nada disso alterou no futuro. Não há uma base que justifique/explique/segure isso. Na lógica da coisa, o que foi alterado no passado terá suas devidas consequências no futuro. Não é bem assim na cabeça de Toriyama e isso vem desde Dragon Ball Z (saga de Cell). A coisa ficou pior e mal explicada agora nesta saga de Black Goku.

Outro detalhe que me incomodou no episódio deste domingo (9) foi sobre a troca de corpo entre Zamasu e Goku, que deu origem ao Black Goku. Não pelo plano em si, mas pelos eventos da linha do tempo. No presente de Goku, de onde partirá isso? Aliás, bem duvidoso já que no futuro a coisa é bem diferente - incluindo a aparição de Babidi e Dabura na linha do tempo, digo, no "mundo" do Trunks do futuro (evento mencionado neste mesmo arco). Não seria mais fácil voltar no tempo pra tentar impedir esse evento? Melhor dizendo, talvez isso nem vá acontecer na linha do tempo, digo, no "mundo" do Goku do presente.

É de deixar nó cego na cabeça de quem assiste a série!

Essa lógica de espaço-tempo do mangaká é confusa demais!

Ninguém entende mais absolutamente NADA!

Que birita foi essa dessa vez, Toriyama? Diz aí pra eu passar bem longe.

Um comentário: