quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Estrelas Lendárias - Robi


Hora de relembrar mais um astro no quadro Estrelas Lendárias. Hoje vamos falar sobre um cara que foi muito querido e ovacionado pelas garotas da década de 80 e bota qualquer Luan Santana e Michel Teló da vida no cabide. Ele é nada mais e nada menos que o Robi!

A garotada mais nova deve não saber muito, mas ele foi um dos integrantes do grupo boyband Menudo entre os anos de 84 e 87 e ficou conhecido como Robby Rosa. O cara tinha suas próprias composições para o grupo, porém os empresários do Menudo nunca aceitaram os projetos. O que levou a sair da banda. Sua voz é considerada uma das melhores que já passaram.

Então Robi seguiu carreira solo e veio ao Brasil e gravou dois LPs em português (Ele é americano e se considera porto-riquenho). Seus maiores sucessos foram 'Notícias de Você', 'Chuva Fina' e 'Hello" do primeiro disco (de 1988) e 'Ser Feliz, 'Coração nas Nuvens' no segundo (de 1989). Todas essas dispararam para o topo das paradas de sucesso em nosso país. Além de pisar nos palcos dos programas musicais de TV daquela época como Cassino do Chacrinha, Globo de Ouro, Xou da Xuxa, Raul Gil, Viva a Noite e por aí vai.

Nesse período, Robi passou por Hollywood e estreou com o longa Salsa - o Filme Quente. Lá ele contracenou com aquela que seria sua futura esposa, a atriz Angela Alvarado, natural de Porto Rico. O cantor não gostou do resultado do filme por terem estereotipado a imagem dos latino-americanos. O fato é que ele ganhou o prêmio do Razzie Awards como o "Pior Novo Astro de 1988". Um tempo depois, Robi voltaria a participar do longa de produção franco-alemã conhecida no Brasil como Homens de Verdade Não Mascam Chiclete, também ao lado de Angela.

Nos anos 90, Robi continuou em carreira solo de maneira apagada da mídia. Não teve mais o auge de antes. Na mesma década, em 1995, chegou a compor músicas para o também ex-Menudo Ricky Martin. Como estava na pindaíba, pediu que seu nome não fosse creditado e adotou o pseudônimo Ian Blake. A produção do então novo CD de Martin, A Medio Vivir, teve como sucesso mundial a música 'Maria'. Ao longo do anos, Robi usou vários pseudônimos artísticos e conseguiu reerguer a carreira, principalmente em Porto Rico, Espanha e alguns países latinos. Hoje é conhecido pelo nome artístico Robi Draco Rosa.

Em 2011, Robi foi diagnosticado com câncer no abdômen. Mas recentemente, em maio de 2013, um resultado de novos exames indicou como negativo! Seu próximo grande show será no Coliseo de Puerto Rico José Miguel Agrelot para o concerto Draco Rosa & Friends no próximo dia 6 de dezembro.



2 comentários:

  1. adorei a materia,lembrando que ele já foi curado do cancer e fez uma turné recente e gravou um clip com o rick martin,e gravou um dueto com a shakira.

    ResponderExcluir
  2. Valeu, Roberto pela informação. Pena que a imprensa daqui não deu muito destaque sobre a doença do Robi. Muito obrigado pelo prestígio e pela informação.

    ResponderExcluir