sexta-feira, 25 de março de 2016

Erased deixa escapar uma desculpa bizarra na reta final

O último encontro de Yashiro e seu aluno Satoru Fujinuma

O capítulo final de Erased foi ao ar nesta quinta (24). O anime é bem construído e envolvente. Agora a sua única falha está nos dois últimos episódios. É que o Professor Yashiro assumiu ser o autor dos crimes e passou a suspeitar que Satoru estava atrapalhando o seus planos vendo que ele praticamente previa os seus crimes antes de acontecerem. E nós sabemos bem o porquê. Satoru tem o poder de reviver o passado e sabia do que estava por vir. Só custou a acreditar que seu professor era o vilão. Coisa que qualquer espectador atento já suspeitava, apesar dele ter disfarçado muito bem.

Yashiro deteu o garoto afogando em seu carro. Por isso Satoru passou 15 anos em coma. Aí chegamos a tal falha. Yashiro estava com a faca e o queijo não mão. Ou seja, teve todo o tempo do mundo pra matar Satoru antes que ele recobrasse a consciência e agisse contra ele. Foi intragável a desculpa do roteiro em dizer que o próprio criminoso cuidou de seu algoz. A qualquer momento Yashiro poderia tramar a morte de Satoru debaixo dos panos e não o fez por piedade. Ou seja lá que sentimento passou por sua cabeça. Vai entender. Se fosse na vida real isso seria fato consumado, mas foi essa desculpa que manteve o protagonista vivo até aqui.

Apesar disso, o desfecho de Erased foi considerável. Frustrante mesmo é de não ver Satoru ao lado de Kayo Hinazuki. O rapaz fez estripulias pra salvá-la de todo o jeito e acabou não descolando a garota. Ela constituiu sua própria família e só. Me decepcionou um pouco. E ainda por cima, esse salto de 15 anos deixou uma lacuna enorme e os crimes poderiam ter sido solucionados lá mesmo no passado, em 1988, e poderia ser mais elaborado e instigante. Pena que se perdeu no caminho.

Bom, Erased foi um bom anime e me prendeu a atenção. O mangá original foi concluído e um gaiden será publicado a partir de junho. Vai demorar uns bocados pra ganhar uma adaptação em anime. Em tempo, foi lançado o filme live action da série nos cinemas do japão no último final de semana. Quem está estrelando é o ator Tatsuya Fujiwara, que protagonizou na versão cinematográfica de Death Note como Light Yagami e viveu o Shishio Makoto nos dois últimos filmes de Samurai X.

Nenhum comentário:

Postar um comentário