sábado, 29 de março de 2014

Yumi Matsuzawa completa 40 anos; com jeitinho de menina


Hoje (29) é o aniversário de uma das cantoras japonesas que encanta, não apenas aos otakus, como também a qualquer um que pára pra ouvir sua doce voz. Yumi Matsuzawa completa hoje 40 aninhos. E com aquele ar de menina meiga.

Incrível como uma mulher chegue nessa idade sem perder a pose de princesinha. Aliás, são poucas as que tem esse privilégio, por mais que cheguem a maturidade. É assim que uma das damas dos animesongs cativou o público. Com a música "Chikiyugi" (tema da saga de Hades em Os Cavaleiros do Zodíaco), inspira corações apaixonados. Sempre que vem a algum país da America Latina, especialmente ao Brasil, deixa rastros de ternura e simpatia.

Sua performance no palco é sem igual. Semelhante a um canto de uma sereia e um contemplar angelical. E sempre que volta ao Japão, deixa uma saudade imensa. Não uma saudade qualquer, mas aquela da qual passou uma doce e tenra miragem e deixa uma esperançosa paz brotada no peito.

E pensar que Yumi um dia poderia ser uma lutadora de boxe. Se ela seguisse essa carreira, seria uma deusa refinada de punhos firmes. Mas ali não era o seu lugar. A música é a sua verdadeira vocação. Hoje ela é mãe de três filhos. Mesmo assim, ela continua com uma doçura como de uma bela garota colegial. Sua serena jovialidade embeleza ainda mais a sua serenidade. Ai, são tantos os adjetivos que eu poderia descrever sobre Yumi, mas acho que nem um dicionário romântico teria um adjetivo ideal que pudesse expressar a minha admiração por ela que tornou-se uma eterna musa dos sonhos.

Ainda sonho em ouvir a Yumi cantar algum tema de tokusatsu. Quem sabe algum dia. :)

PS: Eu a conheci pessoalmente no SANA Fest 2011. Infelizmente, em 2008, só pude assistir aos dois shows dela na edição de julho, mas não consegui falar com ela. Então tive que esperar dois anos e meio para vê-la pessoalmente. Eu e minha irmã fizemos um desenho para ela e a mesma ficou muito feliz. Até chegou a postar em seu blog pessoal. Acho que mais feliz estava eu por estar ao lado da minha amada musa. () Enfim, essa foi uma das melhores fotos que tirei na vida. Já postei e falei sobre isso aqui, mas não custa nada relembrar. Espero vê-la mais uma vez pessoalmente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário