segunda-feira, 18 de maio de 2015

Ultraman 80 chega finalmente ao Brasil via Crunchyroll

Eighty e Yullian aterrizam em nosso país através do serviço on demand

Antes tarde do que nunca, a Tsuburaya liberou na noite desta quinta-feira (14) a série Ultraman 80 (Eighty = "oitenta" em inglês) para o Brasil através do serviço streaming on demand Crunchyroll. Pra quem ainda está por fora da situação, a plataforma nada mais é que a "Netflix dos animes e J-dramas" e é a fonte oficial de várias séries legalizadas/licenciadas pelos próprios estúdios japoneses para o Brasil e outros países. Enfim, até então a série podia ser assistida por outras versões internacionais da Crunchy, mas agora os fãs brasileiros de tokusatsu podem conferir TODOS os 50 episódios inéditos legendados em pt-br (assim derrubando as subs que nem estavam em 1/5 da série). E o que é melhor: os não-assinantes podem assistir aqui.

Confira a sinopse de Ultraman 80:

"Takeshi Yamato, um jovem rapaz de 22 anos de idade, leva uma vida dupla. Durante o dia, ele é o novato, porém popular professor de ciências em uma escola secundária em Tóquio. Mas após as aulas e aos domingos ele trabalha como um membro da elite UGM (Utility Government Members), uma organização que protege a Terra lidando com situações difíceis, como invasão espacial e ataque de monstros. Quando a situação fica fora de controle, Takeshi se transforma em um poderoso guerreiro de 50 metros de altura, o Ultraman 80, e vence os monstros para salvar o dia!"

Ultraman 80 foi uma Ultra Serie que quebrou padrões em relação aos seus antecessores. Foi o primeiro da franquia a possuir tema de encerramento e créditos finais. Além de ter tido dois temas de abertura e encerramento, cada. O ritmo dos episódios são mais dinâmicos, podendo ser equiparado até mesmo com às séries contemporâneas da rival Toei Company. Foi exibida originalmente entre 2 de abril de 1980 e 25 de março de 1981 pela emissora japonesa TBS, indo ao ar sempre nas noites de quarta-feira, às 19:00 JST. Sucedeu o anime The Ultraman.

Vale a menção de dois rostos conhecidíssimos dos tokusatsus exibidos na extinta Rede Manchete: o ator Maasaki Daimon - o Capitão Oda de Cybercop - como o Chefe Junichi Itô; e a atriz Sayoko Hagiwara - a Néfer de Flashman e Dyna Pink de Dynaman - como Ryoko Hoshi/Yullian, a Ultra secundária da trama.

Além de Ultraman 80, outras três Ultra Series estão licenciadas no Brasil via Crunchyroll e estão disponíveis gratuitamente: Ultraman Max (2005~06), Ultraman Mebius (2006~07), Ultraman Leo (1974~75). Portanto, estas são as quatro séries que sucederam (por que não?) Ryukendo no Brasil e a mítica fase de lançamentos de tokusatsu na TV aberta. Uma vez que as emissoras fecharam o espaço para o gênero e a tendência (salvação) é a ascensão dos serviços on demand e consequentemente da presente mobilidade e do poder de escolha de programação. Vamos torcer pra que mais tokusatsus cheguem às plataformas oficiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário