sábado, 16 de maio de 2015

Nova investigação em Kamen Rider Drive tenta driblar mudança de roteiro

Kiriko e Shinnosuke no escritório da polícia

Quem assistiu ao episódio anterior de Kamen Rider Drive deve ter percebido a volta das investigações numa trama isolada - que está acrescentando algo importante. Isso como se por um lado a revelação de Shinnosuke como Kamen Rider não tivesse tanto efeito (como causou e deve continuar no futuro).

Vale ressaltar que o episódio do fim de semana passado e o próximo são assinados por Junko Komura (que foi roteirista secundário de Kamen Rider Wizard). A investigação está em torno da morte do policial Eisuke Tomari, pai de Shinnosuke, que morreu em serviço durante um assalto. A linha investigativa levou o herói à uma garota que presenciou o crime e foi salva pelo falecido. Isso paralelamente acontece ao mesmo tempo em que a identidade do Roidmude 001 é um mistério. Não é segredo nenhum para o telespectador e para os próprios Roidmude que ele é o Soichi Makage, o chefão da Primeira Divisão da polícia. Algo que poderia perdurar em total mistério por mais algum tempo.

Apesar da consequência da decisão de Shinnosuke pesar no roteiro, esta investigação pode servir de um bom trunfo para o roteiro de Kamen Rider Drive. Isso se Riku Sanjô (o roteirista principal da série) souber usar as ferramentas certas para tal e justificar a mudança sem forçar nada. Aliás, independente do alter-ego de Drive ter se auto-exposto ou não, esta investigação está sendo bem trabalhada e poderia seguir sem revelação de segredo. O que foi totalmente desnecessário.

Resta saber como a série vai seguir, apesar dos problemas de roteiro. Aliás, alguns personagens precisam ser melhorados: como é o caso de Medic, que tinha tudo pra surpreender e está apagada na história; Gô Shijima, que é filho de um cientista que criou os Roidmude, mas que carrega um temperamento inconsequente. Isso também pra não citar Brain, que entrou para a divisão da polícia e deixou uma lacuna aberta para prováveis suspeitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário