sexta-feira, 25 de abril de 2014

Frieza e traição entre os heróis de Kamen Rider Gaim

Ryugen pode ser o trunfo do mal

Vocês assistiram ao episódio 26 de Kamen Rider Gaim? Quem viu, pôde ver o fardo tenso que a série vem carregando agora. Ficou explícito o nível de rivalidade que o Kouta pode ter daqui pra frente com os seus colegas. Temos um Rider que não tá nem aí pra humanidade e outro que praticamente "vendeu sua alma".

[SPOILERS]

Kaito recebeu o Genesis Driver, um novo cinto que lhe dá poderes para uma nova forma (Lemon Energy). O cara recebeu das mãos de Minato, a Rider Marika da Yggdrasill Corporation. Isso chamou a atenção de seu liderado, Zack. Na conversa entre os dois Riders do Baron Team, Kaito disse que não se importa se a humanidade desaparecer e que isso não é da conta dele. Mesmo que ele seja usado pela empresa. Afinal, o que Kaito quer com essa falta de compromisso? Dá até pra responder. Mais poder pra lutar. Pra testar a nova força, ele encarou Deemushu mais uma vez. Não sei a impressão de vocês, mas preste atenção como o jovem tem carta branca pra lutar contra o monstrão quando quiser e a hora que quiser. Isso até um deles se cansarem ou morrerem.

Quanto ao Mitchy, ficou pê da vida ao saber que Kouta havia contado a Mai sobre a morte de Yuuya, ao se tornar um Inves. Tá certo que o cara queria ver novamente o sorriso da amiga. Mas foi sem-vergonhice dele impedir que Mai alertasse sobre o perigo entre os Inves e a Yggdrasill, lançando os tais monstrinhos para "tirar a suja". Golpe baixo.

O mal caratismo de Mitsutane é tamanha a ponto de trair seu melhor amigo para cair na armadilha. Covardia demais, ele atirar no momento em que Kouta se transforma com a Kachidoki Arms. Mitchy vai ser um daqueles vilões de tokusatsu de dar raiva e dar vontade de jogar uma pedra de calçamento no meio da tela. No mínimo é isso que podemos esperar do Kamen Rider Ryugen. Trairagem é pouca prum moleque desses.

Te cuida, Kouta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário