quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Tokusatsu forever!!






Depois das saudações, hora de "blogar". Sei que ainda deve ter algum leitor ou outro que está lendo ou ainda lerá no futuro este post inicial. Bom, quem me conhece pessoalmente sabe que sou amante da cultura pop japonesa (o que muitos leigos pensam ter algo haver com a cultura tradicional religiosa milenar e não tem. :P). Sempre curti animes e procuro acompanhar algum ou outro. Aliás, ainda vou falar de alguns que estou vendo na atual temporada. Mas se tem um gênero que sempre curti desde pequeno e é minha paixão são as séries de tokusatsu.



Se você tem menos de 18 anos, com certeza não viu uns heróis japoneses em live-action que se transformavam, lutavam contra monstros e defendiam a paz na Terra (entende-se Tóquio, Japão) numa época onde uma emissora carioca era o carro-chefe destes. Pois é, hoje há adolescentes que nunca tiveram a sorte de conhecer o auge da Rede Manchete e de outras emissoras que entraram na mesma barca. Nem imaginam o quanto isso foi importante para a cultura no Brasil e como isso ajudou a alavancar, de certa forma, o começo da era de ouro dos animes com Cavaleiros do Zodíaco. Mas isso já é uma outra história. Muitos dessa idade e também adultos que não tiveram conhecimento aprofundado como os fãs hardcore no Brasil pensam que isso é ultrapassado, é tosco, não presta, só existiam os que passavam na Manchete e que são "imitações" dos Power Rangers (?!). É sério, já ouvi muitos comentários assim. Umas bem preconceituosas e outras bastante nonsense. Fora os excessos desenfreados de nostalgismo que vejo por aí na net. Tudo é questão de boa vontade em perguntar a um velho conhecido amigo-de-nós-todos chamado Google e ver que não é assim. Tem muita coisa nova passando no Japão. Como os mangás e animes, o tokusatsu também tem sua história e riqueza cultural. Não precisa ser um expert pra correr atrás. É um mundo "estranho", mas interessante e divertido.



Já que toquei no assunto, digo que faço parte de um grupo de fãs de tokusatsu chamado Henshin Gattaiaqui em Fortaleza, do qual sou membro há quase 3 anos. Na última edição do SANA, um evento local de cultura pop, fui um dos palestrantes com mais dois amigos do mesmo (Thiago Gonçalves e Diego Pontes) numa sala temática voltada para o gênero. Nosso grupo teve parceria com a equipe do núcleo SANA Tokusatsu para essa realização. E como a sala ficou lotada nos 3 dias de evento. É incrível como tokusatsu ainda desperta um público que não conheceu a era de Jaspion e cia. Quem apenas conhecia as adaptações americanas teve uma paixão pelos Sentais e Kamen Riders da nova geração. Acho que estes jovens deveriam conhecer novas e recentes séries que, sem dúvida, dariam certo se fossem bem trabalhadas e divulgadas pra TV brasileira.

Infelizmente aqui no Brasil não se tem um investimento de peso e interesse das emissoras pelo gênero como no passado. Até os animes caíram nessa maldição tanto na TV aberta quanto na TV fechada. Já que fiz uma leve menção aos animes, acredito que ambos os gêneros deveriam renovar o público aqui no Brasil. É uma tarefa difícil que depende das distribuidoras locais, das emissoras de TV e de um marketing pesado como Jaspion e Changeman (na Manchete) e Pokémon e Digimon (Record e Globo respectivamente), mas que deveria ser tentada de forma mais audaciosa/agressiva e que não saturasse outra vez. Iniciativas como essa de palestras e sala temática fazem a diferença e mostram que pode-se fazer ainda mais por um bom entretenimento. Nem tudo está perdido.







PS 1: Ainda não expliquei o porque do nome do blog. Quem assistiu o Jaspion não tem como não lembrar de sua nave-mãe que se transformava num titã encouraçado que lutava contra monstros gigantes e dava socos com as costas da mão (kkkkkkk...). Era o Gigante Guerreiro Daileon!! Pois bem, pensei em criar vários nomes que vi que não cairia bem. Então resolvi homenagear o arrimo do Jaspion que também é um ícone da nossa cultura. E por ser conhecido, é um nome de fácil assimilação para referência.

PS 2: Apesar do nome do blog, já aviso que aqui não será mais um blog diretamente sobre tokusatsu. Até porque já existem vários seguimentos exclusivamente dedicados ao gênero na internet. Aqui sempre vai pintar algo sobre os tokus e animes. Mas também sobre assuntos variados da cultura pop ocidental e até pitadas críticas sobre a subcultura pop. Portanto, galerinha, estejam avisados. OK? Até a próxima. :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário