sábado, 24 de agosto de 2013

Kamen Rider Wizard


Gosto muito do gênero Kamen Rider. O meu favorito da nova geração (Era Heisei) é o Kamen Rider W/Double. Depois desse, as séries foram aliviando os panos de fundo até chegar ao enfadonho -- pelo menos pra mim -- Kamen Rider Wizard. Todo ano, quando é anunciado o novo Rider, sempre tem uns que reclamam do visual que "é feio, estranho, o diabaquatro" e há aqueles que dizem que nunca vão assistir por esse mero detalhe besta. Na hora da estreia as opiniões mudam.

No caso do Wizard foi diferente. O herói tem um visual bacana e não tem uma história empolgante. Alguns personagens são os mais sem sal da franquia. Eu gosto do alter-ego Harutô Soma pela sensatez e gostei mais ainda do Kosuke Nitô, o Kamen Rider Beast, por ser o único engraçado. Já a Koyomi e o Shunpei são chatos. A primeira é bonita, mas sem graça. O segundo é um retardado irritante. O Kaba-chan (o vendedor"a" de Donuts) é até um bom alívio cômico. Fora estes ainda gosto da policial Rinko Daimon, mas não é aquela parceira de Rider de grande potencial como as suas antecessoras. Já os vilões, os Phantoms, são estranhos e não me convenceram tanto. Parei de assistir o Wizard no episódio 21 e pretendo continuar até o final, mas não tão cedo. Ainda não é uma prioridade pra mim.

PS: Kamen Rider Wizard terminará no dia 29 de setembro aos 53 episódios -- e não mais 51 como anteriormente anunciado pela Toei. Dois a mais que o Kamen Rider Agito, que até então era o que tinha mais episódios entre os Heisei Kamen Riders. Não que o Wizard fosse um estouro. Nem chegou a isso no Japão. O motivo é que  o Kamen Rider Gaim teve sua estréia empurrada para 6 de outubro, ao invés de setembro. Espero que o novo Rider "Tutti-Frutti" não me decepcione.

Nenhum comentário:

Postar um comentário