segunda-feira, 26 de maio de 2014

Jaspion e Spielvan: não criemos expectativas para futuras aventuras

Jaspion é o mais difícil de ter uma aventura solo.

Eu acompanho sempre as rede sociais e as opiniões de amigos e fãs de tokusatsu. E nos últimos dias eu vejo muitas esperanças quanto a umas futuras aparições de Jaspion e Spielvan. Isso porque os Uchuu Keiji estão ganhando uma sobrevida nos últimos anos com novas produções.

Mas cá entre nós: sejamos realistas! O que acontece com os Uchuu Keiji é um caso à parte. Afinal, a trilogia foi a mais bem sucedida dentre as séries dos Metal Heroes. Daí alguém poderia perguntar o seguinte: mas por que Jaspion e Spielvan não poderiam voltar? Poder eles poderiam. Basta a Toei inventar uma desculpa e tudo resolvido.


Spielvan (ou Jaspion 2 no Brasil) não deve
 voltar tão cedo para uma batalha.

Só que há impasses e estamos carecas de saber. Sobre Jaspion, Hikaru Kurosaki não quer mais voltar aos holofotes e tem sua própria vida como instrutor de mergulho. Sobre Spielvan, Hiroshi Watari continua na ativa -- e voltará como Den Iga/Sharivan ainda este ano. Mas o final do Guerreiro Dimensional foi intragável e teria que haver uma desculpa das mais esfarrapadas pra ele dar as caras nos dias atuais.

Pra eles só haveriam duas soluções. Uma seria deles terem seus próprios sucessores, assim como a nova geração dos Uchuu Keiji. Outra seria apenas em meras aparições numa "Legend Taisen" da vida e nada mais do que isso. Aí eu pergunto: os fãs mais puristas (diga-se: "nostalgistas", "mancheteiros") deixariam de reclamar? Haveria ainda aversão destes em uma produção atual? Paciência. A coisa nunca girou apenas para uma "meia dúzia" de brasileiros. O mercado é interno, logo os dois heróis tiveram sucessos medianos no Japão.

Particularmente, eu também queria muito ver uma aventura nova do Metalder, do Jiraiya e do Jiban. Não apenas por serem meus Metal Heroes favoritos, mas por eles terem um bom gancho para retornarem algum dia. Porém tem que haver interesse do público e um bom rendimento. Não seria uma má ideia.

Jaspion e Spielvan jamais vão aparecer como a gente quer. Se a franquia dos Metal Heroes tiver que voltar, a Toei tem mais é que se armar em criar um novo herói para o gênero. E que as 17 séries sejam relembradas de algum jeito. Pra uni-los, uma boa taisen ("guerra" em japonês) seria a saída. E isso o estúdio sabe fazer isso como ninguém da melhor ou pior forma possível.

Um comentário:

  1. Descobri Jiraya ano passado
    e fiquei imaginando como seria
    um remake dele sem cliches
    dos metal hero (pistola laser,
    vilões com visual berrante ),em
    vez disso usando tecnicas ninja
    reais e alguns jutsus (| sem exageros ) e o Deus Jiray seria
    uma entidade de luz em vez de
    um típico zord !

    ResponderExcluir