quarta-feira, 21 de maio de 2014

Jack Bauer é tachado de "traidor" em 24 Horas: Viva um Novo Dia


Jack Bauer está na pior fria destes nove dias! No quarto episódio de 24 Horas: Viva um Novo Dia, para conseguir as informações sobre o controle dos drones usados em ataques terroristas, ele não teve outra saída há não ser fazer pessoas como refém para transferir os dados para Chloe e a equipe do Open Cell.

[SPOILERS]

Claro que é sua maneira de agir em situações críticas. Pra começar, ele conseguiu infiltrar no Consulado Americano, conseguiu falar com o Tenente Tanner -- que está preso -- para conseguir o drive que contém os dados de controle dos drones, não conseguiu achar uma saída para fugir da CIA, e teve que pegar três pessoas como refém para ganhar tempo com a transferência dos dados. O que é bem demorado. Tempo suficiente pro Jack ser visto como um criminoso pelas autoridades. Mas tudo é o jeito "Jack Bauer way life", o que não deixa de ser bastante arriscado. O cara sempre dá um jeito de sair dessa.

O ponto alto do episódio foi quando o Presidente Heller e Audrey ficam sabendo da situação. Ou seja, o plano de Mark Boudreau de ocultar a presença de Bauer em Londres para o sogro e esposa foi por água abaixo. O Presidente ligou para o Jack e o ex-agente explicou a situação, mas Heller ordenou à tropa seguir adiante com a captura de Jack.

O mais impressionante foi que Kate resolveu acreditar em Jack. Não foi nada à toa. Pois ela conseguiu falar com o Tanner e lembrou que Jack havia dito sobre "salvar a vida do Presidente". Ela chegou a se arriscar e entrar na sala onde Jack estava. Mas o teve sob custódia, em nome da CIA.

Foi um episódio tenso e com a melhor fórmula que os roteiristas sabem usar como ninguém: a imprevisibilidade. Agora a coisa deve desenrolar e cabeças hão de rolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário