domingo, 3 de novembro de 2013

Happy Tokusatsu Day!

Pode não ser oficial no globo terrestre ou na mídia popular, mas pra quem é fã de tokusatsu a data deve ser guardada pra todo o sempre. Hoje (3) é o dia do tokusatsu! A iniciativa do projeto é do pessoal do site Mega Hero, e a razão da memória é pelo lançamento do primeiro filme do Godzilla, exatamente há 59 anos atrás.

Como já falei lá comecinho do blog, em agosto, tokusatsu é uma das coisas que mais curto na cultura japonesa. Cresci assistindo esses heróis dando porrada nos monstros borrachudos e salvando o dia, me emocionei com momentos marcantes que quase me arrancaram lágrimas (sou seco pra chorar, sabe...) e é praticamente assim ainda. Enfim, é um gênero que deveria voltar a ser investido e trabalhado com mais firmeza no Brasil. Eu bato muito nessa tecla que é justamente pra garotada que infelizmente não conheceu a época dourada de Jaspion/Changeman e cia. nos dias felizes da saudosa Rede Manchete, deixar esse preconceito de lado e o pensamento errôneo de que "tokusatsu é coisa pra velho" ou "isso é tosco, não vou assistir isso nunca na vida". Estes devem reconhecer que o tokusatsu é um universo vasto e tem o seu valor, assim como o anime tem o seu. Se tokusatsu fosse pra pessoas com cinquentões saudosistas assistirem atualmente, não teríamos crianças e jovens e os próprios adultos assistindo e consumindo boas séries como Kamen Rider Gaim, Akibaranger, Ultraman Ginga... Bom, se você tem menos de 20 anos, saiba que sucessos como Cavaleiros do Zodíaco e Power Rangers emplacaram aqui devido ao boom dos tokusatsu no Brasil entre o final dos anos 80 e começo dos 90. Digamos, teve um certo empurrãozinho pra isso. ;)

Eu tenho minhas séries favoritas, entre clássicos e recentes. Mas uma que eu tenho um carinho especial que carrego desde criança é o Jiban, o Policial de Aço (Kidou Keiji Jiban). Não lembro porque, mas eu gostei de cara quando assisti pela primeira vez, exatamente no episódio 7 ("O Monstro do Resfriado") e até hoje o robô prateado é o meu favorito ao lado do Kamen Rider Black e alguns outros. Tá certo que tem lá uns episódios bizarros, mas é divertido pra caramba. Fiquei triste com aquele que foi o episódio mais sombrio da série (só os fortes entenderão) e fui à loucura com o episódio seguinte. Não importavam quantas reprises na Manchete, eu sempre fazia isso. Hoje como adulto, sou mais moderado. Não que eu não contenha minhas emoções ao assistir os referidos capítulos.

Bem, é isso. Só umas pensatinhas sobre tokusatsu e como isso me diverte desde pequenininho. Muitos tokusatsus na veia até à velhice. Kanpai!

4 comentários:

  1. Gostei muito da matéria, muito bem recheada com muita informação.Continue assim

    ResponderExcluir
  2. Muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito bem feito o post,gostei demais

    ResponderExcluir
  3. Black Kamen Rider e Jiban também são meus tokusatsus favoritos entre os que passaram na Manchete. Seu blog é muito legal, descobri ele no início do ano e volta e meia passo nele para ler as novidades. Abraços!

    ResponderExcluir