quarta-feira, 20 de julho de 2016

Takumi Tsutsui e Shouhei Kusaka ensinam a Tetsuo Kurata como ser carismático em evento

Jiraiya e Jiban juntos no Brasil (Foto: Divulgação/Toku Force)

Não precisou exatamente alguém ir à São Paulo para perceber o quanto os atores Takumi Tsutsui e Shouhei Kusaka - respectivamente os próprios Jiraiya e Jiban - são extremamente carismáticos. Já era possível sentir isso a distância através da atenção que os mesmos retribuem ao público. Mesmo pra quem não foi ao evento e acompanhou o balanço e os comentários dos fãs na internet (como foi o meu caso), ficou bastante claro que a satisfação foi geral. Disso eu já tinha certeza.

A verdade é que Takumi e Shouhei (este adota seu nome de batismo, Hiroshi Tokoro, nas redes sociais) fizeram escola ao ator Tetsuo Kurata. O ator que viveu Issamu Minami nas séries Kamen Rider Black e Kamen Rider Black RX se apresentou no ano passado no Anime Friends e foi motivo muita alegria para os fãs no palco. Porém, a coisa foi frustrante na hora do meet and greet do ator que fez várias exigências. Bem, frustrante para alguns e aceitável para outros. E isso não é nenhuma invencionice de blogueiro nem nada disso. Aconteceu e pronto. Basta dar uma googada pra ver que já haviam comentários de próprios fãs que estiveram presentes e relataram (dias antes deste que vos escreve comentar o caso).

Enfim, Takumi é garantia certa de alegria para o publico e nada parcial como foi na passagem do "Black Sun". Por sinal, o nosso ninja Jiraiya foi bem "povão". Sem contar que ele já é de casa, sendo que há anos participa de eventos no Brasil). E Shouhei é outra alegria. Sempre receptivo com os fãs e procura interagir. Se você o acompanha na internet, pode notar a ímpar interatividade dele. O próprio chega a escrever textos em português, coisa que não se vê em relação a outros atores de tokusatsu. Isso só aumenta a minha vontade de conhecê-los pessoalmente um dia.

Moral da história: Takumi e Shouhei fizeram uma coisa que Tetsuo não conseguiu fazer totalmente na edição do Friends no ano passado. O primeiro já tinha experiência com o público brasileiro e dispensa explicações. O segundo se mostrou ansioso em se encontrar com seus fãs do outro lado do mundo e atendeu essa expectativa. A dupla está de parabéns e tem mesmo que continuar assim, sempre. 

PS: Antes de quaisquer acusações precipitadas (como as quais levei no ano passado nas redes sociais), não se trata de ter algo contra o Kurata. Isso é bobagem. Disse na época e volto a afirmar: sempre vou admirá-lo como ator e em seu trabalho nas séries Kamen Rider. E digo mais: apesar dos pesares, essa admiração continua imutável. Não fui o primeiro a criticá-lo sobre o caso e é só procurar alguém que se decepcionou lá na hora. Agora, Kurata bem que poderia tomar o bom exemplo do "Ninja Olimpíada" e do "Policial de Aço" e rever os pontos que não deram certo para uma próxima vinda ao Brasil. Humildade é tudo e a dupla que se apresentou no último fim de semana em São Paulo são mestres nessa matéria.

Um comentário:

  1. Eu estive nos dois eventos, e a minha percepção é a mesma que a sua.

    O Hiroshi Tokoro, embora aparentemente um tanto tímido, foi bem receptivo, e até desceu do palco quando estava cantando a música de abertura de Jiban (fez isso nos dois dias).

    Já o Takumi nem é necessário dizer, ele usou sua familiaridade com o público brasileiro e o carisma para ser uma espécie de cicerone de seu colega no evento. Takumi inclusive saiu do "roteiro" nas duas apresentações querendo presentear o público com material que ele trouxe do Japão.

    Ainda sobre a apresentação, vale lembrar que os dois cantaram as músicas temas de suas séries. Eles estão longe de ser grandes cantores, mas só vê-los se esforçando e entoando os versos com emoção faz com que a gente revele qualquer desafinada que eles possam ter dado.

    Essa foi uma das diferenças em relação ao Kurata, que se recusou a cantar com a desculpa esfarrapada de que não tinha trazido o cd de karaokê. Dar uma explicação dessas é praticamente chamar o público de burro.

    Mas sem querer bancar o advogado do diabo, vale uma explicação. A vinda do Kurata ao Anime Friends foi fechada em moldes diversos em relação a outros atores e cantores que participam do evento.

    Ele veio através de uma parceria da Yamato com a loja Jungle, que inclusive mandou representantes que serviram como staff do Kurata, indo onde quer que ele estivesse.

    Não sei se foi um pedido pessoal do ator ou não, mas eles praticamente criaram uma "redoma" ao redor do Kurata no evento, deixando-o com uma imagem de sujeito quase inacessível.

    De qualquer forma, é sempre legal ver de perto atores que você acompanhou toda a vida. Fico agora na minha eterna torcida para que um dia tragam o meu ídolo máximo em termos de tokusatsu, Kenji Ohba.

    ResponderExcluir