quinta-feira, 28 de julho de 2016

ReLIFE - a conquista inédita da Crunchyroll para a temporada de verão

O anime estreou em julho e seu final está disponível oficialmente antes do Japão

Não lembro de outro título que a Crunchyroll tenha conseguido trazer de alguma temporada em atividade na TV japonesa de forma privilegiada. Foi isso que aconteceu com ReLIFE. A série de anime estreou no dia 1 de julho às 24:00 JST (ou dia 2 à 0:00 JST). Os 13 episódios da série estão sendo exibidos semanalmente nas madrugadas de sexta para sábado pelos canais Tokyo MX e BS11. Enquanto os japoneses assistem ReLIFE à moda antiga -- Sim, amigos. O jeito de assistir TV como conhecemos está mudando -- o resto do mundo pode assistir a SÉRIE COMPLETA em streaming pela Crunchyroll (com exceção da China, da Coréia do Norte, da Síria e do próprio Japão). Isso mesmo. Antes do episódio final - previsto para 23 de setembro - ReLIFE está disponível para os assinantes do serviço assistir quando quiser e tudo de uma vez. Não se sabe se isso é um caso isolado ou se haverá um trunfo igual como esse nas próximas temporadas.

A série ReLIFE foi produzida pela TMS Entertainment (a mesma de Os Cavaleiros do Zodíaco: The Lost Canvas) é baseada no mangá seinen de mesmo nome (também disponível na Crunchy) do mangaká e ilustrador Yayoiso. Arata Kaizaki é o protagonista de 27 anos (prestes a completar 28) que havia abandonado um emprego em que serviu por apenas três meses, após sua formatura. Havia um motivo bem pessoal para a decisão de Kaizaki que pode ter relação com a morte de uma pessoa próxima a ele.

Um dia, Kaizaki conhece um homem chamado Ryo Yoake que lhe faz uma proposta: participar de um programa de reabilitação para os NEETs (sigla usada no Japão e Reino Unido para classificar jovens sem emprego, educação e/ou estágio). Esse tal programa é conhecido como ReLIFE e para participar o usuário precisa se medicar com uma pílula de rejuvenescimento. Assim, o usuário (ou "cobaia" como também é chamado) tem que participar por mais um ano no ensino médio.

Kaizaki passa a viver em sociedade com jovens na faixa de 17-18 anos. Ele passa a viver outra vez toda aquela experiência da juventude, porém sofre com as diferença físicas de sua idade. Como por exemplo, sua limitação em corridas. Ao final do prazo, as pessoas com quem Kaizaki conviver durante o ReLIFE não se lembrarão mais dele. Kaizaki continuará com as lembranças de seus colegas, a não ser que ele conte sobre o segredo sob a pena instantânea de amnésia destas informações e perder grandes oportunidades profissionais para o futuro.

ReLIFE é uma série legal de ficção científica e drama. Possui comédia feita na medida e sem exageros. Em paralelo ao conflito pessoal de Kaizaki, a trama foca também nos demais personagens principais. Kaizaki guarda uma possível paixão por sua colega de classe, a estranha Chizuru Hishino, que por outro lado é uma rival (involuntária) da ruiva Reina Kairu, que rende boas atuações no decorrer da série. Kaizaki vai descobrindo mais coisas sobre ReLIFE, inclusive sobre um possível colega que tem a mesma idade real.

Sem spoilers, ReLIFE termina com um toque de romance que deve agradar em cheio os amantes do gênero (assim como eu), embora a série não seja especificamente sobre isso. Termina com um gancho para uma possível continuação no futuro, já que o mangá ainda está em andamento. Não posso deixar de falar que a cada episódio os temas de encerramento se diferenciam. Entre elas uma canção da banda japonesa L'Arc-en-Ciel (que já trabalhou em Samurai X). O tema de abertura é "Button" (lembra demais Kamen Rider Ghost) pela banda PENGUIN RESEARCH.

Taí uma boa pedida pra quem procura algo diferente sobre o gênero e, o que é melhor, antes do público japonês. Simples e digna de maratona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário