sábado, 23 de julho de 2016

Saga de Majin Boo em Dragon Ball Z estreava há 15 anos na Globo

Goku e cia na saga de Majin Boo

No dia 2 de julho de 2001 a Globo lançava a última fase da extinta Sessão Aventura. Naquela época a onda de séries americanas ainda era comum na TV aberta. Várias séries do horário nobre americano podiam ser vistos no meio da manhã ou da tarde. Ainda era possível assistir algumas no horário mais digno - entre sete e meia-noite.

O problema da derradeira passagem da Sessão Aventura é que ela foi para a faixa das onze da manhã e não tinha a pretensão alguma de expandir as séries americanas fora da TV por assinatura. Era mesmo um tapa-buraco na programação de férias do meio daquele ano. Numa temporada curtíssima foram exibidas semanalmente séries como Roswell (rebatizada na Globo com o medonho título "Arquivos Roswell"), Stargate, O Homem Invisível, etc. Só durou três semanas e nada mais. A Sessão Aventura continua extinta desde o dia 20 de julho de 2001 e assim morria um dos blocos mais populares dos anos 80 e 90 e que chegou a acolher também séries tokusatsu (a dobradinha Space Cop [Gavan] e Bicrossers).

Eis que no dia 23 de julho a Globo voltava a ampliar o horário do Bambuluá e dentro do programa infantil estreava a saga de Majin Boo, da série de anime Dragon Ball Z. As antigas sagas (Saiyajin/Freeza/Cell) de Goku e cia foram todas exibidas na Band e no Cartoon Network. A saga de Majin Boo havia estreado antes no Cartoon.

O então novo lote de episódios caiu no gosto popular. Ora porquê. Parou na Globo, caiu na boca do povo. E era uma confusão. Por causa da acensão do covardão Mr. Satan na saga, muitos pais de família - que não sabiam absolutamente de nada do que aquilo realmente se tratava - acabavam associando diretamente à imagem do demônio e julgavam fácil o programa. Já vi até pastorzinho peregrinando pelo Brasil contra as séries de anime como DBZ ao invés de pregar o santo e puro evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Enfim, quem é fã mesmo e pesquisa a fundo sem brincar, sabe que isso não é verdade. Já escrevi aqui no blog uma explicação sobre o tal nome de Satan em DBZ, na época em que a mesma saga ganhou uma releitura em Dragon Ball Kai.

A saga de Majin Boo era a mais mentirosa de Dragon Ball Z. Tinha alguns fillers como o demônio Dabura ir para o paraíso e ficar bonzinho da noite pro dia. Outra coisa que chamava atenção era o longo período de 30 minutos da fusão entre Goten e Trunks para Gotenks. Era 30 minutos que duravam mais de dois episódios. Uma coisa de louco (esse é um elogio meu para o Akira Toriyama numa hora dessas). E outras situações bem tresloucadas já pintaram nesta saga de versão clássica pra TV.

Como eu disse, Dragon Ball Z ganhou popularidade maior no Brasil devido à exibição na emissora carioca. Ultrapassou a esfera do nicho de público que já existia na Band e no Cartoon para atingir outros públicos. Teve o seu lado bom e ruim. O bom foi que a Globo passou a investir na franquia, adquiriu os episódios que estavam com a Band, passou Dragon Ball GT e a primeira série de Dragon Ball (incluindo os episódios finais que o SBT jamais exibiu). A parte ruim é que a série passou num horário ruim onde os pais pagavam de sabichões e caçadores de bruxas, era muita violência pra passar pela manhã, a Globo não exibiu a série completa (referente aos episódios que passaram na Band), etc, etc, etc.

Talvez Dragon Ball tivesse um destino melhor (ou não) se continuasse na Band. Em todo caso foi até divertido, na época, ver a roda de amigos aumentar na escola pra debater o episódio do dia.

2 comentários:

  1. A Rede Globo cortava as cenas na reprise.

    ResponderExcluir
  2. E anos mais tarde a Band adquiriu os direitos de Dragon Ball GT e do Dragon Ball Kai. Passavam de tarde, lá no ano de 2012 e 2013, junto de Power Rangers (que variava entre as temporadas Samurai, Turbo e Zeo), somente para algumas regiões do Brasil.

    A única coisa ruim dessa história é que Dragon Ball GT foi reprisado a exaustão na Band, e em um ano eles reprisaram o anime umas 3 ou 4 vezes. Até uns meses atrás a a Band estava passando Dragon Ball Kai nas manhãs de sábado e domingo, mas como de praxe, só em alguns estados.

    ResponderExcluir