quarta-feira, 1 de julho de 2015

Estaria mesmo Dragon Ball Super desconsiderando a série GT?

Goku na mais nova série televisiva de Dragon Ball

O mês de julho começou e uma das grandes expectativas no universo dos animes está em volta da série Dragon Ball Super, que estreia no próximo fim de semana na emissora japonesa Fuji TV. Como todos sabem, esta é uma produção inédita para as telinha após quase 18 anos do fim de Dragon Ball GT nas noites de quarta-feira. E falando sobre ela, muitos fãs brasileiros estão nutrindo alguma esperança quanto a uma suposta exclusão da série de 1996 do cânon.

Tá certo que Dragon Ball GT teve uma repercussão mediana e teve uma certa rejeição por parte de fãs ao redor do mundo. Mas tal preocupação acaba de fazer esquecer de detalhes importantes na linha do tempo da obra de Akira Toriyama.

Quem assistiu aos últimos episódios de Dragon Ball Z (ou até mesmo recentemente o final de Dragon Ball Kai) irá reparar que se passam 10 anos da derrota do Kid Buu. Tal acontecimento teria ocorrido em 8 de maio da era 774. No entanto o epílogo se passa em 7 de maio da era 784, onde acontece o 28º Torneio de Artes Marciais. Nesse tempo, Pan - a neta de Goku - estaria com aproximadamente 4 anos e meio de idade. Seu nascimento seria entre junho e dezembro de 779. Dentro desse intervalo de tempo acontecem os eventos do filme A Batalha dos Deuses, que ocorre em 18 de agosto da era 778 - quatro anos depois da derrota de Kid Buu e dia do aniversário da Bulma. Mais um ano depois - na era 779 - temos os eventos do filme O Renascimento de 'F' (que está em cartaz nos cinemas brasileiros).

Em Dragon Ball Super a história deve se passar pouco tempo depois do recente filme. Ou seja, ainda está no período de intervalo de dez anos entre a saga de Majin Buu e do epílogo ocorrido no 28º Torneio de Artes Marciais. E se formos calcular o tempo, Dragon Ball GT ainda está imune a qualquer mudança (pelo menos por ora), uma vez que os eventos daquela série começam na era 789, 5 anos após Goku levar Uub para treinar.

Cronologicamente, o GT está a 10 anos a frente de Dragon Ball Super. Matematicamente não há como haver uma desconsideração da série, a não ser que dê uma louca na cabeça do Toriyama e ele queira brincar com viagem no tempo ou coisa do tipo. E conhecendo bem o autor, tudo pode acontecer, se assim ele bem querer.

Toriyama declarou recentemente que esta é uma continuação definitiva. Isso significa que a história será acrescida à sua linha do tempo, uma vez que os dois últimos filmes são considerados como prólogos da série. O que mais intriga e pode confundir o público, desde já, é quanto a uma afirmação dele quando diz que a série pode ser uma continuação que ele mesmo declara ser "estranha" e que pode "afastar de seu próprio universo". Só aguardando e acompanhando o programa pra saber o que é isso de fato.

20 comentários:

  1. O que será ao certo nos ainda não sabemos, espero que seja buscado a maior coerência possível.

    Compartilhando a minha vontade em particular, eu realizaria uma tentativa de "oficializar" o GT. A saga GT não é realmente 100% agradável, mas vejo que, na minha opinião, o é em pelo menos 70%. Há diversas lutas excelentes, o Super Saiyajin 4 eu acho magnífico (exceto que penso ser incoerente aquele Kamehameha aumentado 10 vezes), uma incrível sacada. A fusão do Oob e Boo foi uma idéia magnífica também apesar do pouco aproveitamento do novo guerreiro, cenas emocionantes que a Pan protagoniza com o seu avozinho, a morte do Picollo foi emocionante demais apesar do péssimo aproveitamento do personagem, o Gogita Super Saiyajin 4 eu gostei também, o super macaco gigante dourado, etc. etc. Teve os seus contras, mas vejo que há bem mais prós na saga, sem contar que, na minha opinião, o final da saga GT foi épico, encerrou a saga Dragon Ball com chave de ouro.

    Quando falo "oficializar", não digo necessariamente criar uma cronologia de tempo perfeita, mas sim dar vida aos personagens citados, existentes na saga do GT, pois alguns deles são grandiosos, especialmente a existência do Super Saiyajin fase 4, pois colocando eles na saga Super, seria uma forma de "oficializar a sua existência".

    Apenas eu sonhando, mas é como eu gostaria :)

    Legal o artigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente , mas ainda restam alguns pontos importantes e incoerentes como o fato de no GT não usar o poder do super Sayajin BLUE é do ssj Deus , o fato da Bulma não ter outra filha e alguns outros pontos como a fusão dos kaioshins ,vegeta se apresenta bem fraco ..

      Excluir
    2. Mas o super Sayajin Deus não necessita de guerreiros Sayajins? No GT o baby se apoderar de quase todos, sei que estou falando merda mas faz sentido, enfim, eu voto em fazer outro GT pq foi uma saga magnífica quando era criança, hoje não curto muito porque vejo certos defeitos

      Excluir
  2. Concordo com o toku master.Uma parte que ficou "confusa" foi que no GT os saiyajin fazem o mesmo processo que no super serviu para transformar o goku em Deus no GT serve para recuperar e dar mais força para o goku,teoricamente deveria deixar ele Deus já no GT.
    E quem é mais forte? Deus goku ou o fase 4? Ou o "gogeta"?? Talvez fique mais claro com o passar dos 100 EPs do Super...

    ResponderExcluir
  3. eu acho que essa forma super sayajin blue é demais pros sayajins , acho que vão usar as esferas do dragao pra resetar os problemas que aconteceram no super, assim a titi e o goten que foram mortos nunca teriam sido mortos e o bills nunca apareceria, nem whis
    eles não lembrariam de nada e a vida seguiria.
    acho que seria a melhor forma de ligar o super ao GT, ae isso explicaria pq no GT não tem o ssjb

    ResponderExcluir
  4. isso que vcs querem é impossivel,porque o db gt tem varios erros mto incoerentes,tipo fusão metamoru de goku e vegeta,os 2 tem q ter o msm tamanho,pillaf subir na torre karin com uma aeronave,passou 10 anos até o torneio em que Uub apareceu pela primeira vez e mais 10 anos que Goku foi transformado em criança,e mesmo assim a pan n cresceu,Vegeta sentiu um Ki de um Tsufurudin em Baby sendo que os Tsufurudins foram exterminados muito antes de ele nascer, Baby se lembrava de Vegeta mesmo não tendo conhecido ele,Tsufurudins são filler de Dragon Ball Z e foram usados em GT que é um filler. Um filler do filler num filler...entre outros erros,db super ta tendo uns erros também,mas não são tantos igual o db gt teve até agora...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mano Todos os Animes tem erros c eu citar os do Super nao vai dar nem de ler ;-;

      Excluir
    2. n existe isso methuzael n precisa ter o meso tamanho pra se fazer a fusão, se fosse assim ninguem faria fusão com ninguem,pois seria muito difícil achar com a mesma estatura. oque a fusão restringe é uma altura muito desproporcional, tipo o goten com o goku. agora se vegeta tem ''170'' e goku ''181'' não impede de fazer a fusão. oque mais prevalece é a igualdade dos kis de terem que serem igualados almentando ou abaixando.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Oi, ilendmort11. Você leu o texto acima. Está tudo explicado lá.

      Excluir
  6. Eu so acho que o goku como deus super saijym superaria goku SSJ4, e como sj Blue
    supera ainda mais, se goku tinha todo esse poder poderia derrotar qualquer inimigo de gt facil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas isso seria impossível no GT, pelo fato do Goku ter sido transformado em criança no começo da história. Tanto que ele não pode se transformar em Super Saiyajin 3 e por isso tem seus poderes bem limitados até o aparecimento do Super Saiyajin 4.

      Excluir
    2. Ele pode se transformar em SSJ3 sim. Não vistes a série toda? Ou quando o goku criança luta contra o baby na forma de SSJ3?

      Excluir
    3. Ele pode se transformar em SSJ3 sim. Basta ver a série. O Goku criança se transforma em SSJ3 lutando contra o baby.

      Excluir
    4. Ele pode se transformar em SSJ3 sim. Não vistes a série toda? Ou quando o goku criança luta contra o baby na forma de SSJ3?

      Excluir
  7. Pra mim o gt e o melhor. Goku na 4 é épico.

    ResponderExcluir
  8. Só é meio estranho ver um ssj4 no lugar do deus ssj em GT, to curioso pra ver como vão explicar isso no super

    ResponderExcluir
  9. Algo q muita gente q critica o DBGT e não percebe, é q nele se dá o ápice e o final definitivo da série, de maneira mais racional e logica, embora algumas incoerências com alguns personagens. O GT tem a transformação absoluta do saiajin, o ssj4 que nada mais é q a união do ser racional com o irracional, a harmonia perfeita entre o saiajin ao oozaru, criando um macaco humanóide q simboliza de maneira perfeita o lendário sun wukong da mitologia chinesa, do rei macaco, uma criatura divina, ou seja ssj4 é definitivamente o ssj deus, forma essa q só pode ser alcançada naturalmente por um saiajin puro sangue com a cauda, ou seja na forma natural, sem ajuda de terceiros, mas individualmente, com os próprios poderes, exceto Vegeta q usou raios blutz mega concentrados, mas ele era puro sangue. Essa transformação tem um estado absoluto, seja uma criança seja um velho, quem consegue atingir essa forma automaticamente ou envelhece ou rejuvenesce, além disso o poder é absoluto, pois tanto Goku como Vegeta conseguiram se fundir através de técnica metamoru, sem precisar dos brincos potara, pois tinham poderes e formas idênticas. O ssj deus, azulado, ao meu ver foi algo muito mau pensado, faltou muita criatividade para os produtores, é mais um kayoken azulado do que uma transformação saiajin, foi triste de ver e saber q é a transformação divina, mas Akira não pensou no GT, nem no q eu falei acima, q é muito mais racional, pensando na mitologia por trás de Dragon Ball.

    Quanto ao final épico, em q goku, morre e renasce para derrotar o uma esfera com a genki dama universal e depois se funde ao shenlong com as esferas se tornando um só com o dragão, ou seja vira um deus, q provavelmente vai se encarregar de proteger a terra e por julgamento próprio quem vai realizar ou não os pedidos ao Shenlong a partir de então. Foi o ápice absoluto pra mim, muito mais sensato, considerando desde o início do DB Clássico da busca as esferas do dragão à fusão com as esferas e o dragão. Podem dizer o q quiser do DBGT, mas foi muito mais criativo e bem pensado no enredo da série.

    DB Super pra mim está totalmente desconexo com a realidade do final do DBZ,é só uma série OVA, ou um dos multiversos paralelos, onde tudo pode acontecer, como a DC comics faz.

    Enfim,minha tese kkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. A serie deveria ser unificada as proprias linhas do tempo no anime , são muitas confusas , e ainda surgem pessoas fazendo animações não oficiais,deveriam ser denunciadas por plagio, alem de ferir o orgulho dos fãs.

    ResponderExcluir