terça-feira, 25 de abril de 2017

Pela primeira vez em Kamen Rider Ex-Aid, Poppy Pipopapo consegue surpreender

Poppy chora na hora da transformação

Semana passada disse que Lucky e Poppy Pipopapo mereciam se calar pra ver se melhorava alguma coisa em Kyuranger e Kamen Rider Ex-Aid, respectivamente. Finalmente a "palhacinha" conseguiu me agradar sem precisar de nada disso.

Falando sério, Poppy agora se tornou útil para o enredo. Ou se já não era desde algum tempo. É que ela é um Bugster que foi usada como espécie de agente duplo na CR. Porém, ela tinha bons sentimentos guardados e não deseja fazer mal a ninguém. O episódio deste domingo (23) mostrou o conflito sobre sua própria natureza (se do bem ou do mal) e a perseguição dos Riders contra a personagem de video game.

Impossível não se comover. O mínimo que o espectador poderia ter ao ver a cena é torcer por ela. Ruka Matsuda é uma boa atriz e conseguiu dar um outro aspecto à Poppy. Aqueles trejeitos infantis vão demorar pra sumir ou nem vão desaparecer. Mas de uma coisa é certa: Poppy se mostrou uma personagem digna de valor em Kamen Rider Ex-Aid e que pode ser maior do que aquela mera e estranha proposta inicial que conhecemos no segundo semestre do ano passado.

Um comentário:

  1. AGORA SÓ FALTAVA O LUCKY CALAR A PORCARIA DA POCA E TOMAR UMA ATITUDE! E aí sim, eu irei elogiar.

    ResponderExcluir