quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

PlayTV mostra que TV brasileira não é um mar de rosas

Yu-Gi-Oh! é uma das atrações do canal

Além da Rede Brasil, que exibe uma dobradinha formada por Os Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball Z, a PlayTV vem sendo um dos poucos canais da TV brasileira a exibir anime. O canal informou ao site ANMTV sobre o futuro de sua programação quanto às animações japonesas e disse que vai continuar investindo neste tipo de produto ao longo de 2017. Na mesma oportunidade, o canal também falou sobre as dificuldades de investir em novos títulos.

O empecilho são as próprias distribuidoras que cobram alto pelo produto. A PlayTV afirmou que está tentando negociar uma nova série, porém detalhes não foram divulgados. A dificuldade ainda é maior por conta da falta de interesse de outros canais. Ou seja, as chances de vermos novas séries dos Cavaleiros como Omega e Alma de Ouro em canais como Globo, SBT, RecordTV, Band e RedeTV! são remotas.

A questão é que muitos fãs de anime e tokusatsu ainda tem a ilusão de ver sua série de anime e tokusatsu fácil fácil na TV aberta como nos anos 80 e 90 e não é bem assim hoje em dia. É o que eu já falei outras vezes neste blog e volto a afirmar: a própria TV aberta tomou seu próprio rumo. Mais programas nacionais são investidos e menos enlatados na programação. Além da restrição da propaganda infantil ser um problema.

As alternativas são o streaming e o home-video que dão mais liberdade e poder de escolha ao espectador. Claro, isso não tira o mérito da TV brasileira nem minimiza a história desta mídia. Mas é preciso ter a mente aberta pra entender que os tempos mudaram e não adianta mais esperar tanto pela TV brasileira como antigamente. Aliás, o mercado nunca foi fácil.

Ainda assim, é louvável o empenho da PlayTV em manter o interesse pelas animações japonesas e levar de forma oficial nas telinhas. E que ótimo esse esclarecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário