sábado, 21 de novembro de 2015

Digimon Adventure tri começa mais dramático que a própria série de TV

Digimon de volta oficialmente ao Brasil

Foi uma grata surpresa da Toei Animation presentear os fãs do Brasil e do restante do mundo com a primeira parte da nova série Digimon Adventure tri. Os quatro episódios da primeira parte intitulada "Reunião" chegaram nesta sexta (20) - um dia antes da grande estreia nos cinemas japoneses.

Por um lado é uma felicidade assistir primeiro que o Japão (ou simultaneamente). Por outro lado, fica minha indignação contra alguns grupos nas redes sociais e até de fansubs que estão desrespeitando o material oficial do qual se dizem serem "fãs" apoiando a pirataria. Sim, os mesmos que estão aí chorando pelo fim da "plataforma" criminosa Mega Filmes HD (que lucrava clandestinamente e não pagava pelos direitos autorais). Lamentável, pois essa turma poderia muito bem estar comemorando essa vitória mundial, dizer NÃO à pró-pirataria, serem mais gratos a Toei em trazer a série em primeira mão e incentivar o público a caminhar pela via correta. A audiência de Digimon poderia triplicar e fazer jus ao próprio título antes que isso cause prejuízos maiores no futuro. Particularmente falando por um lado mais lógico da realidade, fico feliz em ver o resultado positivo dos trocadinhos meus e do restante do público (que não é caro como dizem os opositores) que apoia conscientemente a indústria do entretenimento de séries japonesas.

Mas vamos ao que interessa: Digimon Adventure tri começou trazendo aquela nostalgia esperada. Inevitável. Mostrou o que aconteceu com os Digiescolhidos após seis anos do fim da primeira temporada. Contrariando alguns revoltadinhos, a linha também é uma sequencia de Digimon Adventure 02 (Digimon 02 no Brasil). No começo vemos silhuetas de Daisuke (Davis), Miyako (Yolei), Iori (Cody) e Ken sendo atacados. Tudo muito rapidamente e sem explicação alguma por enquanto. Antes que alguém crie alguma teoria de que "eles foram apagados da história", é preciso prestar bem atenção em simples detalhes. Como os digivices de Takeru (T.K.) e Hikari (Kari) ainda estarem modificados em relação aos demais veteranos. Aliás, tri (lê-se: "trai"; em inglês, e com a inicial minúscula mesmo) é devido a ser uma terceira temporada do clássico Adventure. Ainda é estranho o porquê dos digiescolhidos de Adventure 02 não serem mencionados durante estes episódios ou sequer os personagens se lembrarem deles para se reunirem.

Adventure tri serve para mostrar os heróis na adolescência. Todos seguindo seus rumos e muito ocupados. Legal ver alguns lances românticos passarem de leve enquanto nada é assumido. Sabe aquela queda de Taichi (Tai) por Sora? Então, isso é levemente explorado no primeiro episódio. Sua timidez é perceptível logo nos primeiro minutos quando ele a vê recebendo um convite de Yamato (Matt). A impressão é de que Yamato e Sora ainda não são namorados. Quem assistiu Digimon 02 sabe que ambos se casam e tem dois filhos no futuro. Curioso também é ver a queda de Koshirô (Izzy) pela Mimi. Afinal, ela passou muito tempo nos EUA e agora está com 15 anos.

O pano de fundo da nova trama é uma equipe de investigação que pesquisa sobre o Digmundo e descobriu que um vírus está afetando Digimons, fazendo com que eles ataquem nosso mundo. Ainda não está totalmente esclarecido. Isso é um ponto que pode render muito mistério e impulsionar a dramaticidade de Digimon. Até aqui houve um rápido feeling de Digimon Tamers. Outra excelente série da franquia. "Reunião" inseriu uma nova digiescolhida, que ainda não há muitas informações sobre ela, além de seu próprio Digimon.

As digievoluções foram modificadas, mas poderiam ser melhoradas em CG. Bem, nada que venha estragar. Além disso, os temas de abertura e encerramento também foram recauchutadas. Uma pena que Koji Wada esteja com a voz estranha, devido a problemas de saúde. Mas nada mais digno de convidá-lo a cantar. Algumas BGMs também foram recauchutadas e tivemos também novas BGMs feitas para tri.

Digimon Adventure tri ganhou mais qualidade. Tanto em roteiro quanto em visual. De início é estranho pra quem viu a mudança pelos primeiros materiais promocionais, mas impossível não se acostumar. Ou melhor, se admirar com os traços. E pensar que um fandom japonês pensou em querer boicotar Adventure tri por causa dos traços feitos por Atsuya Uki, o mesmo de Cencoroll e Tsuritama (este último é exibido no Brasil também via Crunchyroll Brasil).

Digimon Adventure tri começou triunfalmente e seu desenvolvimento é melhor que a própria série. Sinal de que Adventure cresceu bem como os digiescolhidos. Mais um ponto que derruba o mito dos incautos que ainda pensam que Digimon é uma série "infantil". E é em partes. O que não significa necessariamente que seja ruim. Agora só resta esperar até o dia 12 de março (ou antes) para vermos a próxima parte, chamada "Determinação".

6 comentários:

  1. Gostei de Tri, e deu uma sensação que a Toei teve mais cuidado em preparar esse revival do que teve com Sailor Moon Crystal e Soul of Gold. Falando nas Sailors, a sequencia de evolução lembrou em muito os cg's usados nas sequencias de transformação delas, a animação é bem trabalhada, mas falta naturalidade em algumas poses.

    Tri passou pelo Nico Nico, de forma paga, no Japão, e não é que nos vimos primeiros que os japoneses, é que eles são adiantados 12h, e o Crunchroll exibiu em simultâneo com o Japão, igual fazia com Soul Of Gold.

    Concordo com o lance de ver os eps por plataformas ilegais, nesse momento, é importante dar apoio as plataformas legais, para a Toei investir mais nas animações livestreaming.

    ResponderExcluir
  2. Se for exibir no Brasil, quem será o outro dublador para TK no Lugar do Caio César??

    ResponderExcluir
  3. Yugo, Digimon Adventure tri já está no Brasil via Crunchyroll apenas legendado, por razões óbvias. Não faço ideia de quem dublaria o T.K. no lugar do Caio César, caso a série seja (re)licenciada por alguma empresa local.

    ResponderExcluir
  4. Pena... não vai ser dublado em Português!!! não vai ter o DVD oficial??

    ResponderExcluir
  5. Yugo, no post seguinte eu comento um pouco sobre a possibilidade de dublagem.

    http://daileon-blog.blogspot.com.br/2015/11/digimon-adventure-tri-dublado-sim-mas.html

    ResponderExcluir
  6. É mesmo velho cade elessss
    Eu to mt curioso pq tão fazendo isso
    Tô falando do cody yolei e Davis
    Parece q eles tratam eles como se nem existissem
    Poxa eu amo eles affff

    ResponderExcluir