sexta-feira, 17 de março de 2017

Kyuranger comete o mesmo erro de Super Hero Taisen com Stinger


Semana passada escrevi aqui no blog minhas primeiras impressões sobre Kyuranger. A série começou muito bem, porém tem algumas coisinhas chatas como o Lucky/Shishi Red, por exemplo. Agora um personagem que mais chamou atenção foi Stinger/Sasori Orange, que aparece como aliado da organização Jark Matter.

Não sei você, mas eu desconfiava de uma coisa que aconteceu no episódio desta semana. A lógica era vê-lo mais cedo ou mais tarde ao lado dos outros heróis, certo? Pois bem, eis que Stinger nada mais era que um espião infiltrado no meio dos vilões. Ou seja, a Toei usou aquele velho elemento manjado dos filmes Super Hero Taisen. O tal lance "engane seu aliado para enganar o inimigo". Mais previsível, impossível.

Stinger é um personagem com potencial e o fato dele estar do lado da Jark Matter no começo poderia ser melhor trabalhado. Como aconteceu anos atrás com os irmãos Goraiger em Hurricaneger. Só que fica aquela impressão de que o artifício foi, talvez, uma pressa da Toei e da Bandai pra juntar todos os nove para lutarem juntos. Ele não merecia isso e ainda daria mais um tempo pra tocar mais um pouco de terror.

Mais sorte na próxima, Toei.


______

Quanto ao Kamen Rider Ex-Aid, este está numa boa fase. Tirando, é claro, o visual "brinquedo" dos heróis e a gasguita da Poppi Pipopapo, Emu Hojo e seus companheiros estão tentando impedir a criação do game Kamen Rider Chronicle, que poder ser uma ameaça letal à humanidade. Como sempre acontece nessa época do ano, o Kamen Rider ganhará uma nova forma. E nem tente comparar com Kamen Rider Amazons, hein. São duas séries diferentes, para públicos diferentes e com formatos e propostas totalmente distintas. Seria o mesmo que comparar o programa da Xuxa com a novela das nove. Não dá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário