sábado, 20 de junho de 2015

Alma de Ouro sofre o pior traço nesta quinzena com Aldebaran transformado

Repare bem como Aldebaran está esquisito (Foto: Reprodução/Daisuki)

Por mais que eu tente me concentrar no enredo em si e prestar atenção ao máximo em tudo o que está em volta na série Os Cavaleiros do Zodíaco - Alma de Ouro, falar sobre os traços dos personagens está se tornando algo irresistível. A cada episódio a qualidade cai gradativamente.

E no episódio desta sexta (19) aconteceu algo que quem observar bem pode simplesmente dar risada ou se irritar por tamanha chocridão. Veja aí a imagem acima e diga quem está mais feio. Com certeza o mais estranho é o Aldebaran, não é mesmo? Não sei vocês, mas a impressão que tive foi que o nosso cavaleiro brasileiro (representante do Pará, diga-se) parece ter sido desenhado por alguém que passou por uma Hanna-Barbera da vida. O cara tá feio demais e de longe superou Máscara da Morte, no quesito visual.

Incrível como uma produtora de peso como a Toei Animation permite um resultado tão catastrófico para com uma das franquias de maior sucesso da casa. E motivo nenhum justifica, por mais que a intenção seja ou não de lançar Cloth Myth dos personagens. Um pouco mais de desempenho e dedicação é essencial para a arte final. Mas pelo jeito faltou tempo pra que a coisa saísse caprichada.

Lembrando que a arte ficou impecável nos primeiros dois episódios de Alma de Ouro. Algo que chegou próximo ao nível de Sailor Moon Crystal, que conseguiu manter a qualidade desde o início até agora nos momentos finais da primeira temporada.

Olha, se realmente tivermos uma continuação de Alma de Ouro, que a Toei revise de vez antes que algo vá pro ar de qualquer jeito, mesmo que a produção atrase. O que seria melhor para o primor da própria produtora. Vai saber se ela sabe ao menos o que é isso, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário