segunda-feira, 29 de junho de 2015

Plastic Memories termina com final esperado, mas inesquecível

A androide Isla deixa saudades no final desta primavera (japonesa)

A temporada de primavera está chegando ao fim e confesso que o anime destes últimos três meses que mais deixará saudades pra este blogueiro é a série Plastic Memories. Pode parecer uma daquelas histórias cheios de "kawaii" e coisinhas fofinhas demais pra quem costuma ver apenas a "capa do livro". Poderia até ser isso mesmo, mas nem tanto. É bem mais sério, só que é algo a ser respeitado e subestimá-la é, no mínimo, uma bobagem gratuita. Se duvida, vá lá e assista.

Nesta temporada assisti alguns shin'ya anime como Kuroko no Basket, JoJo no Kimyou na Bouken, Fate/stay night. Mas Plastic Memories ganhou o meu favoritismo por ter um romance que começou de uma forma surreal, mas que ganhou consistência com o passar dos 13 episódios. Isso por se tratar de um interesse do humano Tsukasa pela androide Isla (lê-se: "Áila). Por ser uma Giftia, Isla tem seus dias contados e teria que passá-los trabalhando ao lado de seu parceiro (marksman).

Há dois meses atrás, quando o anime estava ainda nos primeiros episódios, falei aqui no blog sobre as minhas primeiras impressões sobre a ginoidezinha. Lá eu disse que Isla era um tanto complicada, mas que na personagem havia alguma coisa em especial que chamasse a atenção do telespectador. Porém era algo indescritível, até então. Quem acompanhou a série pode descrever agora. Ou melhor, Tsukasa já fez isso na exibição do último episódio, exibido neste sábado (26). Pois a personagem evoluiu com o desenrolar da trama e mostrou os motivos de ser tão carismática e não fazer tanto esforço pra isso.

O final foi algo que já era esperado. Mas não tanto imprevisível. Foi uma despedida emocionante entre os pombinhos, que deixou uma certa melancolia e olhos marejados. Em suma, foi uma história belíssima de um romance que está longe do alcance da nossa realidade. Uma série lindíssima que é digna de maratonar.

Plastic Memories é sem dúvida um dos melhores animes que surgiram neste deste ano e que terminou como de quem se despede de um grande amor. Uma boa pedida pra quem curte romances e que procura ficar o longe possível de fanservices, embora tivesse pouquíssimos resquícios destes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário