quinta-feira, 11 de junho de 2015

O drama de Kamen Rider Baron exibido no Brasil: Seiya Toudouin

Volta e meia vou colocar aqui umas resenhas sobre J-drama. E já começo com um que indiretamente lembra as séries dos motoqueiros mascarados do tokusatsu. Logo após o final 


de Kamen Rider Gaim, em setembro do ano passado, não houve descanso da imagem do ator Yutaka Kobayashi, que deu a vida ao solitário Kaito Kumon/Kamen Rider Baron.

Naze Toudouin Seiya 16-sai wa Kanojo ga Dekinai no ka? (Por que Seiya Todoin, de 16 anos, não consegue uma namorada?) é uma comédia-romântica apresentada na última temporada de outono. Possui apenas 9 episódios de 23 minutos cada e esteve no ar pela primeira vez na TV japonesa pelo canal Nagoya Broadcasting Network (ou Metele) entre os dias 10 de outubro e 15 de dezembro de 2014. Sempre nas madrugadas de segunda pra terça às 24:20 (0:20) JST. Além de uma reprise no canal metropolitano TOKYO MX, às 22:00 de quarta-feira, entre 7 de janeiro e 11 de março de 2015.

A história - que é baseada originalmente do mangá de 2011 do mesmo nome - começa quando o jovem Seiya Todoin retorna do exterior, após superar um determinado trauma de infância. O rapaz tem tudo pra ser popular. Ora, ele é bonito, tira boas notas na escola, tem uma mansão, é craque nos esportes, além de ser bastante perfeccionista. Mas ele tem um problema: não consegue arrumar uma namorada. Disposto a descolar a qualquer custo, o rapaz se mete em várias situações constrangedoras e engraçadas para driblar a sua timidez.

A cada episódio, Seiya tenta buscar sua candidata em vários tipos de lugares/serviços/afazeres. O mais engraçado é que Kobayashi passa perfeitamente uma imagem oposta de seu herói da franquia da Toei Company, quebrando completamente qualquer estigma que venha a levar daquele anti-herói. Aqui, Seiya é um rapaz tímido e desajeitado no amor. Ele planeja certas fórmulas para conquistar suas amadas e seus planos são frustrados das maneiras mais imprevisíveis que se pode imaginar. O final da série é um ápice que define todas as tentativas de Seiya, além de uma surpresa que se estende pelos últimos três episódios. Em contrapartida, Seiya perde para um galã de sua escola que é rodeado por garotas que caem aos seus pés. Aparentemente ele é paralelo à trama, mas sua participação é essencial para o desfecho.

Além de Kobayashi, um outro ator da franquia Kamen Rider está no elenco. É o Itsuji Itao, que viveu como Spider em Kamen Rider The First (2005) e Ren Aoi/Kamen Rider Fifteen em Heisei Rider vs. Showa Rider: Kamen Rider Taisen feat. Super Sentai (2014); além de interpretar Yutaka Daimon no filme Denjin Zaborgar (2011). No elenco, vários integrantes da banda BOYS AND MEN, da qual Kobayashi também faz parte, podem ser vistos na série.

Naze Toudouin Seiya 16-sai wa Kanojo ga Dekinai no ka? está disponível no Brasil pela Crunchyroll desde janeiro último, podendo ser assistido gratuitamente aqui. A série possui ainda mais dois especial após o final, mas ainda inédito por aqui. Bom, divirta-se com esta comédia, bula-se de rir ou seu mal humor de volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário