segunda-feira, 8 de junho de 2015

Fãs de Naruto ajudam o novo filme a fracassar no Brasil

Os naruteiros não deixam o herói fazer sucesso nos cinemas

Em dezembro de 2014 estreou nos cinemas japoneses o filme The Last: Naruto the Movie, e o mesmo está em cartaz no Brasil desde o final de final de maio passado. A janela ainda é considerável, uma vez que o material será lançado em DVD e Blu-ray no Japão em julho que vem.

Pra ajudar o ninja loiro a emplacar mais do que é conhecido no ocidente, The Last foi lançado em outros países, incluindo os EUA (lá acontecia em fevereiro). O Brasil não podia estar de fora e a Playarte tratou de fazer esse agrado ao público. Afinal, temos um número expressivo de fãs de Naruto que em sua maioria são adolescentes e recém-adultos. Mas a grande maioria deles sequer procuram ajudaram o tão admirado herói a emplacar nos cinemas brasileiros. No primeiro fim de semana, The Last ficou em sétimo lugar. O que é bastante vergonhoso para um título japonês dito de peso no Brasil.

Naruto poderia muito bem fazer sucesso com foi com Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário e Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses. Mas os próprios fãs ajudaram a destruir o sucesso de Naruto se vendendo à pirataria. Ou seja, todo mundo tem o filme dublado em casa (gravado descaradamente dentro da sala de cinema) e de uma péssima qualidade. Cortando qualquer possibilidade de procurar alguma emoção com as acústicas de uma sala de cinema.

Claro que não são todos os fãs de Naruto. Com certeza deve haver alguns conscientes quanto ao mercado nacional dos animes, mas infelizmente são uma minoria se comparada aos que dariam tudo pra ver Seiya ou Goku em material oficial no Brasil. Teve também o problema da má divulgação da Playarte, mas será que nenhum fã de verdade do anime pensou em se mobilizar nas redes sociais e criar uma campanha pra motivar os cinemas a lotarem?

Essa geração leite-com-pera, que já nasceu com tablet na mão e se fecha pro seu próprio ego, é uma grande preocupação para os animes no Brasil. Pra não dizer que são uma ameaça de fracasso. A bilheteria de The Last: Naruto the Movie é uma prova incontestável desse fato. A coisa poderia ter sido bonito como muitos fãs de Harry Potter fazem, por exemplo, criando um fenômeno de mídia.

Naruto poderia merecer sucesso de qualquer país. Menos do Brasil, onde seus próprios seguidores não querem que seu herói faça sucesso e fique restrito às favelas das fansubs pirateiras de quinta categoria. Algo decepcionante e ingrato para qualquer licenciadora do ramo que busca alavancar o mercado de animes por aqui. Depois reclamam por falta de material oficial ou fingem que não existem novas mídias pra ajudar.

O ninja loiro não merece o amor de seus fãs brasileiros que o traíram e hão de traí-lo pra todo o sempre. Lamentável.

5 comentários:

  1. Acho que os pontos que você levantou contra o filme são válidos, mas a verdade é que essa janela é grande, fazendo que o pessoal que realmente queria assistir já tivesse assistido antes; Aqui no brasil, muitos cinemas se renderam a passar o filme somente dublado, porque ainda é "filme infantil" e "criança não lê legenda"; Mas o pior ainda é que o filme é ruim. Sério, as animações do filme estão a par dos piores episódios da série. Diferente da maioria dos filmes de animes que saem normalmente, onde o estúdio tenta fazer algo com mais detalhes, coloca computação gráfica, rotoscopia, todo tipo de tecnologia para fazer as cenas legais tirarem um WOW dos fãs, esse filme foi feito com uma qualidade bem abaixo do esperado, e pra quem já viu na internet de graça, saber que vai sair no cinema, mas que a qualidade nem seria tão digna assim, fica difícil não apoiar quem não vai...
    Então eu acredito que o ponto de vista muito mais sensato seria no sentido de caso seja necessário reunir público para um filme, que pelo menos seja para algo que valha a pena, que seja digna, e que mostre alguma coisa produtiva e esforçada. Ou ainda vale a pena assistir e apoiar a todos os filme do Uwe Bowl, mesmo que a maioria seja horrível, só porque ele é o único que faz algum tipo de filme baseado em jogo?
    Enfim, espero que este "The Last" não seja o último, pois é um fim terrível com uma série tão boa quanto já foi (para mim) ou ainda é (para quem gosta).

    ResponderExcluir
  2. NINGUEM TEM CULPA QUE ESSE FOI O PIOR FILME DA HISTORIA DO ANIME. N TEMOS CULPA QUE O CRIADOR DO FILME VENDEU A HISTORIA DELE E FEZ TODA AQUELA BOSTA SEM EXPLICAÇÃO POR ISSO TA AÍ O TROCO. DETESTAMOS O FINAL DO ANIME

    ResponderExcluir
  3. O filme e uma merda o final não presta o filme ruim eu nao entendo a hinata fica fazendo cachicol o sua irma foi capturada kkk q isso eu esperava mais o cabelo do naruto e feio e o sasuke quase não aparece

    ResponderExcluir
  4. Sabe por que foi um fracasso? Por que o filme é uma merda.
    Os fans de verdade assiste Naruto pela historia, lutas e licões emocionantes.
    E não um filme filler para explicar um romance besta entre Naruto e Hinata que NUNCA teve foco no manga.
    Por isso mesmo sendo fan da Obra fiz questão de ignorar essa merda de filme.

    ResponderExcluir
  5. Pra um filme romântico funcionou bastante
    Foi meio ruim no começo mas o que salvou foram as lutas ao longo do filme
    Estava mais do que claro que ia ser um filme romance mas mesmo assim conseguiu usar elementos do naruto que todo mundo vê e assiste
    Acho que o fracasso dele
    Foi o egoísmo de todos aqueles que acham que tudo e todos tem que fazer seu grado desmerecendo o trabalho de quem fez
    Sendo ruim ou não tem que haver entendimento dessas coisas burocráticas e o quão é difícil o trabalho de quem o fez sendo fã qualquer um pode querer algo a mais ou a menos mas nunca em hipótese alguma desmerecendo os realizadores
    Querer e poder são duas coisas diferentes
    Naruto the last foi um fracasso no Brasil por causa de seus fãs imaturos cheios de si e egoístas se acha o contrário responda este comentário a altura

    ResponderExcluir