sexta-feira, 2 de junho de 2017

Kamen Rider Ex-Aid mostra como existe público brasileiro que desaprendeu a respeitar

Ex-Aid, o Rider da discórdia?

É, amigos. Como se não bastasse o alvoroço sobre o cancelamento de Sense8, as redes sociais tem se tornado um "pé-de-guerra" quando o assunto é Kamen Rider Ex-Aid. Isso se tratando na chamada "tokunet". A série começou no fim do ano passado e desde o começo do ano causou estranheza por parte do público - brasileiro - por causa do seu visual.

Eu mesmo fiz um comentário na época que saiu a primeira imagem oficial. Não custa nada lembrar que foi cometário de primeira impressão. O que não influi diretamente à série (que sequer havia começado). Foi só um susto e um caso à parte. Eu presto atenção mesmo é no roteiro, mais do que visual e efeitos especiais. Não curto essa bitolação pela estética por ser relativo. Tem gente que perde história por bobagem e tal. Independente disso, sempre defendi a separação entre roteiro e visual e que uma coisa não tem nada a ver com outra.

Enfim, está cada vez mais difícil conviver no fandom do tokusatsu no Brasil ou ao menos numa parte dela. Culpa do Ex-Aid? Não mesmo. Ele é apenas um personagem de entretenimento que vai muito bem (obrigado) no Japão. Infelizmente tem quem leve qualquer tipo de série e/ou filme e parte pra briga, como acontece em jogos de futebol, por exemplo. Nem preciso dizer quem é uma imbecilidade sem cabimento. Olha, eu mesmo já fui ameaçado uma vez por comentar sobre o visual Ex-Aid como se eu estivesse falando da vó. Pra se ter uma ideia do nível de tolerância. Já vi também gente dizendo que a série "é uma merda" e fazendo comparações com Kamen Rider Amazons (voltada pra outro tipo de público) e até chorou com bastante saudosismo da primeira geração dos Heisei Riders. Na realidade, Kamen Rider Ex-Aid está muito bom e, pra mim, as primeiras impressões foram superadas pelas segundas, depois pelas terceiras e por aí vai. Não é um Kuuga da vida, mas tem seu valor. Perde quem critica sem ao menos acompanhar semanalmente os episódios, vai.

Agora é triste ver a internet e se deparar com situações constrangedoras por causa de uma série japonesa (que tem as crianças como público-alvo principal) com baixo calão e difamação. Parece que o que foi ensinado pelos heróis ficou de lado e prevaleceu a falta de respeito. Eu posso muito bem não curtir o visual do Ex-Aid. Ainda assim respeito quem gosta e convivo pacificamente com opiniões diferentes das minhas. Posso curtir a série do Ex-Aid e recomendar a série. É diferente de empurrar produto goela abaixo. Quem decide se gosta ou não é quem ai assistir.

Eventualmente eu comento sobre as minhas séries favoritas do momento. Apesar de crítica ser algo normal na imprensa (trabalho no ramo), a opinião de quem escreve não é uma verdade absoluta. Tudo é uma questão de interpretar textos e ver se o autor gosta ou não do que está escrevendo. Seja qual for a motivação, isso não é pretexto pra brigas, mimimis, etc. Há quem confunda crítica com o bel prazer de "falar mal".

Esses problemas de ego na esfera tokusatsu não envolvem todos os fãs do gênero, entenda. Eu conheço muita gente boa que curte tokusatsu como também conheci alguns sujeito que passo bem longe. É que a falta de imaturidade é coisa antiga nesse meio e a cada ano que passa - ou melhor, a cada Rider lançado - a coisa fica cada vez pior e mais insustentável. Infelizmente, fazemos muita vergonha para os fãs de tokusatsu fora do Brasil. Ainda temos muito e muito pra aprender com eles. Respeito é uma coisa boa e todo mundo gosta. 

O problema não está no visual de um herói que vai ser substituído por outro como uma novela, mas está em quem se acha o dono da verdade e causa mal estar atrapalhando quem quer assistir numa boa.

19 comentários:

  1. Essa mídia que gostamos tem dessas, muito pelo fato de ser um produto para crianças que é consumido por brasileiros velhacos que querem continuar vendo algo parecido com o que vimos na Manchete. Até por isso não me envolvo mais em fóruns de toku, anime, comics, sempre tem um dono da verdade pra azedar o caldo!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rodrigo. Eu até participava de fórum e de grupos ligados ao assunto, mas vi o quanto a convivência é complicada quando se tem várias pessoas de todo tipo de nipe. Felizmente eu tenho boas amizades que prezo bastante e é bom quando se encontra alguém que fale "a mesma língua". Eu queria muito que a tokunet fosse um local pacífico onde o diálogo fosse tão bom quanto ver os heróis na TV. Ainda sim existem pessoas de bem e dignas de valor. Nem tudo está perdido. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também césar filho, antigamente quando eu era um novato na tokunet, eu pensava que se samos todos fás de tokusatsu então estamos entre amigos, porem infelizmente percebi , que existe uma guerra de classe ate na tokunet e tem fás da mesma midía que se tratam como inimigo , que é um completo absurdo , otima matéria

      Excluir
    2. Valeu, Gtr. É lamentável essa desunião. Se o tokusatsu ensina união e amizade então por que esse disputa, né? Fico muito triste com tudo isso.

      Excluir
  3. Não tenho acompanhado Ex-Aid, mas não vou ficar falando mal por aí porque não me é conveninente.

    Mas para alguns sujeitos parece que mudar sua visão em relação a alguma produção é como se estivesse se castrando. Daí essa necessidade(que está mais pra tara) de falar mal do que sequer acompanha. E vive enclausurado eternamente na bolha de plástico das lembranças do passado.

    Ou então apenas querem ver discórdia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aniki. Não é conveniente pra ninguém. Eu mesmo não curto Naruto, por exemplo. Só assisti uns quatro episódios e não foi aquela séries de anime que me atraiu como Cavaleiros, Madoka, Dragon Ball, etc. Nem por isso odeio a série nem condeno quem curte. Apenas não curto e deixo quem gosta feliz. Por isso eu comento mais sobre o que eu assisto ou já assisti. Ninguém pode falar sobre o que não acompanha e dizer que não presta. É o velho caso do "Super Sentai ser melhor que Power Rangers". Muitos que afirmam isso nem assistiram as adaptações e se assistir é um pecado mortal. Se fulano não gosta, é o direito que o assiste. Mas criar briga pra que sicrano tenha a mesma opinião? É um absurdo.

      Excluir
  4. Ola sinceramente esse kamen rider me assutou pelo seu visual mas a historia ate certo ponto ta bem legal acredito que seja um caso semelhante a minha serie favorita kamen rider gaim pois no começo achei bizarro tanto a historia de estreia e o visual mas depois me encantei pelo enredo pois pode ter começado infantil mas depois se transformou numa bela historia não e um showa rider mas gostei muito do enredo com o passar do tempo e esse novo rider acredito que seja a mesma coisa ou seja vão assistão pois quen sabe podem se surpreender bom e isso abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Unknown. Eu lembro bem da desconfiança de alguns fãs nas vésperas do KR Gaim. Eu não me deixe levar. Queria ver a história, já que Gen Urobuchi tinha prometido resgatar a essência dos primeiros Heisei Riders. O problema foi a narrativa arrastada na primeira metade da série. Pra mim o Gaim melhorou na segunda metade. Foi uma das melhores séries da franquia, embora não seja minha favorita. Enfim, tudo é questão de analisar o roteiro, o desenrolar da trama e coisas do tipo. Acho que já falei em algum post sobre o Ex-Aid que julgar um herói pelo visual é o mesmo que julgar o livro pela capa.

      Excluir
  5. Eu particularmente tenho nojo dessa Tokunet !!!! Coleciono material de Tokusatsu desde 1993 !! Correndo atrás de VHS nas finadas locadoras da liberdade e com colecionadores...sou do tempo do Ultraman e acompanhei toda era Manchete..aliás já assistia essa também finada desde 83/84....e comparando os Fãs da geração Pré-Jaspion....tem uma diferença muito grande de maturidade... Eu por exemplo curto todos os gêneros ...Ultras...Kamen Rider... Sentai....Kaiju Eiga....Metal Hero...e nunca vi um fã das antigas criar confusão, mimimi,criticar gosto e impor nada... Simplesmente gostam ou não! Só ! Mas a geração da Manchete que hoje são tudo barbados ....Fazem tudo isso e até pior ! Se você diz que gosta só KR Black já te rotulam que parou no tempo...de viúva... Que não sabe curtir outras coisas....Cara !! Cada um ver o que quer ! Eu mesmo dos Riders da era Heisei só o Kuuga ! Não curto o restante ! E daí! Mas respeito quem curte ! Não gosto de Gokaiger ! E daí ! Respeito quem curte ! Para ser sincero os fãs Brasileiros em sua maioria são falidos de espírito ,maturidade, humildade etc.....tem um canal no YouTube de Tokusatsu onde o cara fala muitas vezes de maneira subliminar reprimindo quem gosta só das séries clássicas ! Não adianta.... Claro ! Não são todos mas...a Tokunet brasileira não passa de uma piada !infelizmente !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Livre. Olha, falando no Black, uma vez eu fui chamado de "viúva" por isso. Sendo que eu procuro ver os mais antigos e os recentes/atuais. Não tem tempo ruim nem efeito especial comigo. (rsrs) Levo na esportiva. Tem coisas que a gente tem que levar no bom humor.

      Excluir
  6. São os midiotas e teleguiados , opinião é pessoal e eo reflexo de alguém com formação e emoções diferentes,um outro olhar que cabe acolhermos ou não. Sl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Job. Tem uma frase do Voltaire que diz assim: "Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até o último instante o teu direito de dizê-la". Se todo fã de tokusatsu guardasse essa filosofia, o nosso fandom seria mais feliz.

      Excluir
  7. Como a Vice dizia no TKOF'96:

    "Mesmo com a evolução, o Homem NÃO muda! O Mal está nos Humanos!"

    Essa frase é bem atual e conveniente, visto a quantidade de embustes que somos obrigados a ler (PRINCIPALMENTE de veteranos, que acham que SÓ as coisas da geração deles é que presta). Na verdade, César, as pessoas tem MEDO de gostar de coisas novas e desconhecidas e desgostar de coisas que, de alguma forma, lhes marcaram. Já estudei sobre isso, entrevistei alguns psiquiatras e especialistas no mundo e a mente de um nostálgico é uma das mais difíceis que tem de se lidar. Por causa dessas mentes fechadas, o Tokusatsu não avança. Ao invés de procurarem conhecer o que os tokus tem para nos apresentar nesses 60 anos de história, querem ficar presos ao que foi exibido no espaço de 6 anos (1987-1993) e assistirem no "endless looping" as mesmas coisas vez após vez. E o pior. Quando cismam e assistirem coisas novas, é só para dizerem que "assisti e só o que presta mesmo é o que foi exibido na MINHA infância".... enfim... já escrevi sobre isso MUITAS vezes, tanto no blog como na revista, e se tu precisares, César, de material de pesquisa, me avise que te passo no Face.... sem mais... #PAZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pato Donald. Eu vim da era Manchete e assisti várias séries tokusatsu daquela época. Quando a emissora faliu em 1999, meu xodó no ano seguinte foi Ultraman Tiga e queria acompanhar o Kamen Rider Kuuga. Sempre curti o gênero e não consigo ficar preso ao passado. Por isso que eu não me considero nostálgico, saudosista e "mancheteiro". Me considero fã de tokusatsu. Posso ter minhas franquias favoritas (como é o caso de Ultra e Metal Hero), mas procuro sempre acompanhar as novidades. No caso do Kamen Rider Ex-Aid, não tenho como dizer que "é uma merda". Tá na vista de quem diz isso é porque não está acompanhando e tem lá seus preconceitos. Aliás, nos últimos episódios tiveram tantas reviravoltas e surpresas... Depois eu comento melhor sobre isso. Abraços.

      Excluir
    2. São comentários como o seu que faz da Tokunet uma privada suja! Eu mesmo me considero muito nostálgico ! Você fala como se uma pessoa nostálgica fosse um doente..... " Um nostálgico e uma das mais difíceis de se lidar " " Mentes fechadas " O Tokusatsu não avança " Cara ! O que muda na minha vida ou de outra pessoa ? Tokusatsu não passa de entreterimento...algo para se distrair..relaxar...Tokusatsu não paga minhas contas, não me deixa rico Etc...o que tem demais alguém que tem sua vida secular cheia de preocupações com trabalho,família chegar em casa e assistir Jaspion ou seja lá o que for uma centenas de vezes! Desculpe cara ! Mas seu comentário foi preconceituoso e mostrando o quanto fãs ( Fanáticos) são intolerantes ! Cada um curte a vida naquilo que gosta ! Mais uma vez te pergunto o que muda na vida de alguém se o Tokusatsu não avança ?? Vou ter mais saúde ? Vai curar minha tia enferma ? Lamentável ler seu comentário!!!!!

      Excluir
  8. Desde que foi revelado o visual de Ex-Aid, eu zuei ele. É perfeitamente normal isso, se o visual é tosco, vou zuar o visual. Simples
    Agora, como sempre digo, visual não faz roteiro. Nunca fez. Veja Ghost e Ninninger, séries fracas porém visual lindo. Em contrapartida temos Toqger e Ex-Aid, visual tosco porem enredo incrível (contei apenas dois episódios "médios" em Ekuseido até agora). Essa geração que cresceu vendo a manchete (não todos, so uma minoria barulhenta) não aceita nada diferente do que eles viram, e condenam uma série que nunca viram (e aqueles que à curtem) apenas pelo visual.
    O fandom de tokusatsu no Brasil (e de varias outras coisas [Digimon é um bom exemplo] ) está morrendo, e não creio que possamos salva-lo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luã. Eu lembro que tinha escrito um outro post nas vésperas da estreia de Ex-Aid onde eu comparei com Kabutack e Robotack (os dois últimos Metal Heroes). Mas claro, ali foi mesmo pra descontrair e brincar com o "Level 1" do Kamen Rider. Enfim, quero evitar de falar sobre visual do próximo Rider. Quero focar 100% na história. Quanto ao fandom, não sei se posso dizer que está morrendo. Ainda tem muita gente de mente aberta que pode fazer a diferença. Abraços.

      Excluir
  9. Boa noite e curti o texto.
    Á realidade é a seguinte: o q mais temos na tokunet é gente da geração manchete incapaz de incorporar novos elementos e encarar q houveram evoluções no género até os dias de hj. Pra eles tudo piorou. Para esses eu sempre argumento q eles não são mais o público alvo dessas séries e que só gostam das antigas desse jeito pq eram crianças na época.eu curto tudo. Confesso q fico no visual, não tenho muito tempo pra assistir séries por isso se a série me ganha no visual é um bom começo.outra coisa q eu aconselho a esses celíacos é fazer uma fanfic com as coisas q acham q deveria ter no Tokusatsu.com esse exercício de catarse deveria melhorar sua vida e parar de mandar no hobby dos outros! Á propósito eu mesmo escrevo muitas fanfics baseado nos subgrupos de Tokusatsu. Dêem uma olhada no meu blog q tem bastante coisa lá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felipe. Vou dar uma olhada com mais calma. É um ótimo exercício pra manter a paz no fandom. :D Como citei noutro comentário, eu vim da era Manchete, como a maioria. Sabe uma coisa que atrapalha a divulgação? É a exposição excessiva dos heróis da Manchete. Não estou sendo contra, veja bem. O problema é quando divulgam bastante e deixam de lado séries inéditas que mereciam mais espaço nos papos de roda. Por exemplo, aqui acolá vejo páginas que quando fazem um resumo sobre Metal Heroes só falam de Gavan ao Solbrain, pois foi o período das séries da franquia que vieram para o Brasil. Me parte o coração quando cortam Exceedraft, Janperson e os demais. Outra coisa: sempre quando querem referir tokusatsu em geral, falam de quase tudo, mas deixam os Ultras de lado. Sendo que a franquia da Tsuburaya é primordial e obrigatória pra quem pesquisa, escreve e palestra sobre tokusatsu. Um dia eu pretendo escrever com mais frequencia e também outras franquias não tão populares. Só me organizar aqui nos bastidores que vai dar tudo certo com o tempo. Mas posso adiantar que ainda em 2017 aniversariantes do tokusatsu serão lembrados neste blog. Abraços.

      Excluir