quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Ultraman Orb alcança supremacia e detona Zyuohger

Orb vira sucesso absoluto de audiência e vendagem em 2016 (Foto: Reprodução/Ultra Channel)

Estava lendo um texto do amigo Raphael Maiffre pelo site Mega Hero e me deparei com um fato impressionante dentro das séries tokusatsu da atualidade. Segundo informações do site FIELDS, as vendas de produtos de Ultraman Orb teve um ganho de 51% a mais se comparado ao Ultraman X. Sendo mais preciso, esse dado se refere a venda do Orb Ring no mercado japonês. Não só isso, Orb atingiu uma audiência de 89% a mais pelos canais de streaming se comparando a mesma série Ultra do ano passado. Aqui no Brasil estas duas séries estão disponíveis via Crunchyroll.

Por outro lado, quem está em declínio é Zyuohger. O atual Super Sentai vai de mal a pior comercialmente. Sua média de audiência pela TV Asahi pode amargar cerca de 3%. Uma média pífia para uma série comemorativa de 40 anos de Super Sentai.

Já falei em algum outro post aqui no blog que a Toei precisa se reinventar o quanto antes. Aderir os novos tempos e mudar formato. Infelizmente a Toei não tem interesse de lançar séries do bloco Super Hero Time para o ocidente via streaming. Incontestavelmente esse é o caminho mais fácil de uma série ser disponibilizada de forma legal/oficial para algum país, como também comentei meses atrás. Enquanto isso a Tsuburaya está avançando e vai avançar muito mais.

Outro ponto que favorece "a casa terrestre da Família Ultra" é a divisão por temporada e hiato. Desde Ultraman Ginga vemos produções com período suficiente e o hiato serve para trabalhar melhor com o próximo produto. Por isso vemos séries Ultra mais aprimoradas do que Rider/Sentai. Orb, por exemplo, está cheio de referências às séries históricas da franquia. Dá pra notar que o trabalho foi planejado com meses e meses de antecedência. Sem contar que a Tsuburaya conquistou um sucesso estrondoso no Japão com a reprise de Redman pelo seu canal oficial no YouTube. Agora tenta o mesmo com a reprise de Triple Fighter pela mesma plataforma.

Infelizmente não dá pra notar isso nas séries Super Sentai e Kamen Rider (com exceção de Amazons). Não há um descanso e a produção só tira férias em época de fim de ano, transmissões esportivas, especiais, etc. As duas franquias estão desgastadas e precisam urgentemente mudar o formato. Há quem diga que Super Sentai tem que acabar. Só que se isso acontecer, Power Rangers também desaparecem. Não é bom pra nenhum dos lados, pois a franquia nipo-americana ainda está em alta mundialmente e deve alcançar mais uma ascensão com o novo filme que estreia no cinema em março de 2017. 

Quanto aos roteiros, Ultraman Orb é bem trabalhado e não deva nada para a concorrente. Não é uma produção perfeita e tem algum ou outro deslize como qualquer produção. Nota-se o primor e a qualidade. A atual série é digna dos 50 anos das séries Ultra. O destaque fica para o ator Hideo Ishiguro e principalmente para a atriz Miyabi Matsuura que estão se superando e mostram que Gai Kurenai e Naomi Yumeno - seus respectivos personagens - tem uma química incrível. Além disso, quebrou padrões e vem fugindo do elemento "esquadrão anti-monstro" e mostra esse mesmo elemento de forma improvisada e carregada de carisma.

Com Zyuohger a coisa é bem diferente. Começou estranho ao apresentar animais humanoides, mostrou ter potencial pra coisa e tem caído um pouco no excesso de infantilidade pra tentar se manter de alguma forma. Não fez uma comemoração grandiosa de aniversário como Gaoranger, Boukenger e principalmente Gokaiger. Teve a participação desse último esquadrão com direito à referências, mas a força não foi suficiente. Kyuranger, o Super Sentai de 2017, terá uma tarefa difícil. Talvez o tema espacial seja um reforço já que a temática espacial pega carona dos aniversários das franquias cinematográficas Star Trek e Star Wars e até mesmo da série tokusatsu Gavan. Além de que espaço é mais interessante que animais. Tema batido na franquia dos esquadrões multi-coloridos.

Depois tem gente que diz que Ultraman é sempre a mesma coisa, né? E não é mesmo. Ultraman Orb é uma série que vai deixar saudade. Merece o sucesso que tem hoje e até mais. Quem ainda não começou a assistir, não sabe o que está perdendo.

4 comentários:

  1. Acho idiota essa conversa de que encher as séries de palhaçadas
    é essencial para conquistar as crianças ,usada para justificar
    séries bizarras como Kamen Rider Ex-Aid.Eu lembro que quando garoto
    não gostava de Power Rangers Turbo pelo excesso de piadas bobas que
    os produtores deviam achar tão importantes quanto a ação em uma
    série infantil.Só fui dar uma chance para Power Rangers in Space
    porque uma certa apresentadora chata havia sumido com Ultraman Tiga
    na emissora concorrente.Claro que ser mais sério nem sempre é bom,
    o trailer dos supostos Power Rangers não me deu confiança no filme
    porque sinto que a Lionsgate está escondendo as características
    típicas da franquia e dando mais importância ao drama teen para
    tentar agradar o público de seus filmes modinha habituais.

    ResponderExcluir
  2. E aí? Vai comentar o fiasco da Shout! onde pegou as legendas de um fansub em inglês e lançou com elas?

    ResponderExcluir
  3. Oshawott, vou apurar primeiro pra ver se procede mesmo. Não fiquei sabendo disso.

    ResponderExcluir
  4. Aí está: https://twitter.com/MegaAnon/status/793119919374229504
    https://twitter.com/DaSchnoz/status/792930217484492801

    ResponderExcluir