segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Para chegar a um final de saga feliz, Dragon Ball Super apela para o fim do mundo

Zamasu dominou geral (Foto: Reprodução/Crunchyroll)

Esse artifício já foi usado por Akira Toriyama na saga de Majin Boo em Dragon Ball Z. No episódio deste fim de semana, a Terra foi dominada pelas trevas no mundo de Trunks do Futuro, graças a Zamasu. Não foi aquela coisa arrastada como na série clássica, mas não deixa de ser absurda. Trunks venceu o deus e poucos minutos depois ele se reergueu e devastou tudo ao redor.

A alternativa encontrada por Goku e seus amigos foi invocar o deus Zen'oh, que julgou pela destruição do mundo antes que as trevas dominassem o universo inteiro. Isso rendeu saídas mais fáceis pra terminar a saga. Aliás, tudo poderia terminar ali mesmo com a vitória de Trunks e o resto do episódio só com despedidas. Se a saga atual foi estranha e complicada, a coisa foi mais exagerada ainda. Teve uns momentos engraçadinhos com dois Zen'ohs se encontrando e tal. No mais, o final da saga de Trunks do Futuro foi à beira do nonsense do início ao fim. E que desculpa de levar Trunks e Mai do futuro para momentos antes da invasão de Zamasu, perigando se encontrarem com outra versão do casal, hein. Espero que seja o mesmo mundo.

Na boa, essa saga de Dragon Ball Super foi bizarra e equivale a um filler. Serviu mesmo como nó no cérebro do público e não deve acrescentar muita coisa na mitologia da franquia. Que venha a próxima saga. Teremos três episódios de epílogo dessa saga que prometem ser bobinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário