terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Em Cross Ange, Tusk prova que pode ir mais na trama

O beijo entre Tusk e Ange

E foi mais ou menos assim no episódio 14 de Cross Ange: Tenshi to Ryuu no Rondo deste fim de semana. Tusk provou que pode ir mais além do que um personagem, digamos, "filler". Foi bom vê-lo sair daquele lado hentai da coisa e ter seu lado emotivo explorado.

[SPOILERS]

Antes de qualquer coisa, tem explicação aquele salto no tempo para mais de 500 anos no futuro? Como aconteceu isso? De repente vemos Ange, Tusk e Vivian (que foi transformada em um DRAGON há dois episódios atrás) num mundo devastado por uma guerra mundial. A sétima pra ser mais exato. E de início faz parecer que eles são os únicos sobreviventes na Terra.

O momento ápice do episódio da semana foi o diálogo entre Ange e Tusk sobre seus passados, frustrações, medos e aprendizados. Deu pra ver que loira meio que queria se atirar para o rapaz, que até pouco tempo dava uma de trapalhão pra ter a desculpa de dar uma "beliscadinha" nela ou mesmo cair de cara naquela parte acolá.

Teve o tal beijo entre eles. Não esperava que fosse tão cedo. Ou melhor, nem esperava isso. A possibilidade disso acontecer era mínima e nem me pergunte o por quê. A verdade é que Tusk mostrou que tem potencial para seguir na série a ponto de ser marcante para a trama. Provavelmente ele permaneça por mais tempo neste cours de inverno ao lado da nossa heroína.

Quanto ao salto no tempo, talvez o tal Embryo esteja relacionado ao fato. Tomara que o rumo não se perca até o final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário