sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Nova dublagem de Chaves é estranha, mas ajuda


Ontem consegui chegar cedo em casa e pude conferir um dos episódios inéditos do Chaves. Com certeza o ponto alto é a nova dublagem feita entre a parceria dos estúdios RioSound (do Rio) e Dubrasil (de São Paulo). 

Como devem saber, apenas Cecília LemesSandra Mara Azevedo (ambas como a Chquinha de suas respectivas fases clássicas), Marta Volpani (Dona Florinda), Osmiro Campos (Professor Girafales) voltaram para interpretar seus personagens. Nelson Machado (Quico) e Carlos Seidl (Seu Madruga) não retornaram por não terem aceitado os termos propostos pelo SBT

Os demais do elenco original estão falecidos e tiveram que ser substituídos. A dublagem ficou estranha, mas tenho que reconhecer o empenho dos novos nomes. Estão próximos aos veteranos. O destaque fica para o dublador Marco Moreira pela interpretação parecidíssima com a voz de Seidl.

A título de curiosidade, o episódio exibido ontem pelo SBT foi o mais antigo do novo lote de inéditos. Foi a copilação das histórias O Cofre/Marteladas/Zarabatanas do ano de 1972. O quadro Marteladas é famosa entre os fãs inveterados pelas cenas violentas. Uma delas é onde o Seu Barriga está sangrando. Coisa que não estamos acostumados a ver nas infindáveis reprises do seriado. Uma dica infalível para o começo da noite na TV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário