sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Kuromukuro é tão eletrizante que dispensa dublagem


A produtora japonesa P.A. Works (conhecida por produzir alguns animes populares entre o nicho como Shirobako e Charlotte) comemora seus 15 anos. Um título do estúdio que deve ser promissor para este tipo de público pelo mundo afora é Kuromukuro. Atualmente em exibição nas noites de quinta-feira pelos canais AT-XTokyo MX, os primeiros 13 (de 26) episódios podem ser vistos mundialmente pela Netflix, onde recebe o selo "Original".

Muita gente do Brasil (de onde mais poderia ser, né?) reclamou pela falta de dublagem e teve até quem apoiou pirataria com as mesmas desculpas de sempre. O caso não foi exclusivo apenas por aqui. Ou seja, em outros países também aconteceu a mesma coisa. Talvez por exigência do próprio estúdio japonês. Assisti a primeira metade da série de uma só vez e digo o seguinte: Kuromukuro dispensa dublagem estrangeira (o mesmo vale para Devil May Cry) e o clima da série fugiria do tom se isso acontecesse. O áudio original transmite muito bem todo o impulso da trama. Está no ponto.


Mao Ichimichi, a eterna Gokai Yellow,
integra o elenco de dublagem
Kuromukuro é protagonizado por Kennosuke Tokisada Ouma, um jovem nascido na era Sengoku que pilotava um mecha alienígena chamado Kuromukuro para proteger uma princesa de seu tempo. Por algum motivo, o guerreiro despertou em nossa era e passa a lutar junto de Yukina Shiranahe, que é confundida com a princesa por Kennosuke. Yukina está no segundo ano do ensino médio e é filha de uma líder de um instituto investigativo da ONU. Coincidentemente, ela pode controlar Kuromukuro ao lado de Kennosuke.

O anime é instigante e é um prato cheio para os amantes do gênero mecha. Boas sequencias de ação, uma trilha sonora eletrizante, gráficos de primeira, rivalidade e coisas do tipo. Tem seus momentos inúteis, mas nada que vá destruir sua diversão. Um nome notável no elenco é Mao Ichimichi, a Gokai Yellow da série tokusatsu Gokaiger (Power Rangers Super Megaforce no ocidente). Atriz agora envereda como seiyu (dubladora) e atente pelo pseudônimo M·A·O neste meio artístico. Na série ela dubla Yukina.

O segundo cour de Kuromukuro - que é na verdade a segunda metade da primeira temporada - está disponível na Netflix desde o dia 10 de outubro.

13 comentários:

  1. eu assisti e recomendo, que fantástico ver lutas de robôs com katanas e de quebra meninas lindas despertando interesse e disputa de rapazes, olha não querendo dar spoller mas eu gostaria de uma terceira temporada, acho que o romance da trama precisa continuar, e além do mais a guerra continua.

    Maury nunes

    ResponderExcluir
  2. Será que terá mais ep, além dos 26 ?

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jéssica. Não tem mais além dos 26 episódios. O final de Kuromukuro foi ao ar no Japão em 29 de setembro.

    ResponderExcluir
  4. Ninguem tem nenhuma noticia da terceira temporada ainda? Estou desesperada para ver a Yukina reencontrar o Kennesuke kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei cara calma,faz só meio que um ano que não lançam mais foi em 2016 então ainda vai lançar agora em 2017. Só ter calma,pensa que tenho né... Pois tenho não aaaaaaaaaaaaa lança logo porraaaaaaa

      Excluir
  5. Quero muito a 3 temporada quero ver a yukina com kennesuke

    ResponderExcluir
  6. tem que ter a 3° temporada eu tenho que sabe o que acontece depois

    ResponderExcluir
  7. Eu quero saber se ele agora se estiver vivo muda ou nao de lado nao mostra nada sobre a 3 temporada em lugar algum

    ResponderExcluir
  8. Pow e muito massa tem que rolar a 3 temporada, vamos organizar uma baixo assinada pra mandar pra lá cobrando a 3 kkkkkkkkkk, recomendo Kuromukuro e muito massa

    ResponderExcluir
  9. Cadê a terceira temporada, deu deus num pode para assim é crueldade. Quero ver o final

    ResponderExcluir
  10. Gente ,quero terceira temporada ,preciso ver kennesuke casar com a yukina e quero muitas lutas de robôs

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhhhh cadê 3° temporada pelo amor de. Deus pf quero ver yukina e kennesuke juntos

    ResponderExcluir