terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Walter Jones, o primeiro Ranger Preto da Saban, já foi vilão em Power Rangers

Zack está no Brasil

Antes de se apresentar no 4 Fun Fest (de São Paulo) e no Sana Fest (de Fortaleza) no próximo fim de semana, o ator americano Walter Jones está no Brasil para tirar uns dias pra descansar. Falando numa perspectiva local, o eterno Zack Taylor, o primeiro Ranger Preto da série clássica Mighty Morphin Power Rangers, é o primeiro ator de tokusatsu a vir à capital alencarina. Quem seria originalmente era Jason Faunt, mas sua participação foi adiada para julho nos respectivos eventos, devido a uma gravação de um filme no Japão.

Alguns devem saber que Jones é dançarino profissional, fez pontas em séries do horário nobre estadunidense como Buffy, CSI: New York e Nova Iorque contra o Crime. Mas uma curiosidade que pouco conhecem e que fica em falta nos papos de roda entre fãs (pelo menos os brasileiros) é que Jones dublou dois vilões na franquia. No episódio 39 de Power Rangers na Galáxia Perdida, de 1999, interpretou o monstro Nightmare. Seu personagem prendeu Maya (Ranger Amarela) e Karone (Ranger Rosa) no mundo dos sonhos. No mesmo ano, Jones fez dupla com Austin "Jason" St. John na apresentação do especial The Lost Episode (que apresentou pela primeira vez o catastrófico piloto de MMPR).

Sua participação mais curiosa foi em 2002, no episódio 34 de Power Rangers Força Animal, conhecido como "Forever Red". Naquele mítico episódio que reuniu quase todos os atores que vivenciaram os Rangers Vermelhos, Jones dublou Gerrok. Um dos generais liderados por Venjix. Pelo nome talvez você não se lembre, mas vai associá-lo ao Green Hunter Beetleborg, da primeira temporada de Big Bad Beetleborgs, já que o traje foi reciclado. Não só o do herói, mas também de outros da versão ocidental das séries B-Fighter. Além de Jones, veteranos de Power Rangers retornaram para dublar os generais como Archie "Kai" Kao e Catherine "Kat" Sutherland.

Claro que a imagem de Walter Jones sempre estará atrelada ao rapaz que dançava até nas lutas contra os Bonecos de Massa e que tentava cantar uma garota de nariz empinado que sempre o "pisava". É um dos meus personagens favoritos de MMPR e já era de muita criança na época do auge. Carisma ele tem de sobra. Muitas expectativas e o momento promete ser morfenomenal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário