segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Em Ultraman Geed, Arie Ishikari foi um mero joguete nas mãos de Kei

Arie em seus últimos momentos ao lado de Kei (Foto: Reprodução/Crunchyroll)

Semanas atrás comentei sobre a parceria entre Kei Fukuide/Belial e Arie Ishikari. Ela que foi uma escritora que teve a improvável decisão de se aliar ao vilão, mesmo tendo ideia dos riscos que ela poderia sofrer. Foi uma coisa louca, mas que tinha tudo pra ser explorado em Ultraman Geed. Seria ideal se ela vingasse até o penúltimo episódio, pelo menos.

Ela foi uma escritora como disse acima. Você não leu errado. Ela foi vítima de seu próprio parceiro. Alguém em que ela jamais deveria ter compactuado. Sim, ela poderia ser vitimada a qualquer momento, como aconteceu no episódio deste sábado (2). Mas Arie poderia ter ficado mais algum tempinho e continuar ajudando Kei de alguma forma ou de outra. A escritora serviu apenas de cobaia para atrair Riku/Geed e Leito/Zero numa cilada para capturar duas cápsulas importantes.

O destino de Arie foi cruel e inesperado -- pelo menos neste exato ponto da série. Ela poderia ficar em mais dois episódios e, digamos, servir por mais tempo ao mal. Por outro lado, como todo "bom" vilão, Kei apenas aproveitou a ambição da moça para conquistar seu objetivo e descartá-la em seguida. Cena forte para os padrões atuais de programação infantil na TV japonesa e o bastante para odiá-lo.

Infelizmente Arie foi apenas um joguete nas mãos de Belial e não deu tempo para ela ter mais desenvolvimento na trama. Que pena.

4 comentários:

  1. Apesar da música de encerramento belíssima! Geed já posso assegurar é inferior a órbita( meu ponto de vista.) É impensável que continuem com as fusões dos Ultras na próxima série.É perceptível o esgotamento da fórmula ,aliás era esperado que Geed fosse mesmo inferior, mas a adição de zero trouxe um atrativo interessante ,já que o lado psicologico de Geed não entregou o que prometia ,mas a superior a 99,99 das produções feitas na TV daqui. Vamos torcer pra na próxima série a Tsuburaya abandone está estética Kamen Rider de suas séries recentes. Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Job. Tanto Ultraman quanto Kamen Rider seguem essa tendência de formas há tempos e o apelo comercial. Normal. Não vejo problemas, desde que não haja excessos.

      Falando nisso, recomendo esse texto do blog Casa do Boneco Mecânico. A prática é mais antiga do que muita gente imagina: https://usys222.blogspot.com.br/2017/11/sh-figuarts-roborider.html

      Excluir
  2. Realmente a série tá muito boa!!! Tenho acompanhado. Aliás parabéns pelo blog Cesar!!!

    ResponderExcluir