sábado, 8 de julho de 2017

Ultraman Geed supera Orb já no episódio de estreia

O filho de Belial se prepara para entrar em ação (Foto: Reprodução/Crunchyroll)

Após meses de ansiedade, a Crunchyroll anunciou na noite desta sexta (7) a transmissão mundial e simultânea de Ultraman Geed. Os mesmos recursos usados no ano passado com o mistério da aquisição de Ultraman Orb. Tudo pra gerar mais e mais expectativas e que funcionou mais uma vez. Felizmente o Brasil também está na lista, o que me deixa bastante contente como fã de tokusatsu.

Sobre a estreia, parece meio estranho a afirmação no título, mas essa é a impressão que a nova série Ultra me passou logo de cara. É claro que cada série tokusatsu tem suas próprias características e peculiaridades. Ultraman Orb tinha um lado mais cômico/carismático que não deixou a peteca cair de jeito nenhum. Seguiu-se firme do início ao fim e soube cativar o público com um número concentrado de personagens principais. Sem contar que a série do ano passado quebrou padrões e fez uma digníssima homenagem aos 50 anos do primeiro Ultraman e sua longeva franquia (que começou antes com Ultra Q, ainda em 1966).

A impressão que Geed deixa é que houve um distúrbio que causou danos no universo com (mais) um ataque de Ultraman Belial. Começa mostrando um atentado à Nebulosa M-78 que resultou na derrota de seus bravos guerreiros. Esse ataque foi sentido na Terra (de algum universo paralelo) e é chamado pela humanidade como Crisis Impact. O que alguns acreditam ser um simples meteorito, mas nada comprovado. Aparentemente a história deve se passar em algum ponto dos anos 1990 ou 2000, considerando o uso do extinto sinal analógico da TV japonesa (sim e com direito à TVs de 14 polegadas).

Era de se esperar que Ultraman Geed pudesse ter elementos sombrios, uma vez que o novo herói é filho de Belial e que também é uma série comemorativa aos 50 anos de Ultra Seven. Um clássico superior ao primeiro Ultraman que carregava nuances de enredos mais sérios e que ainda atrai atenção do público jovem/adulto. Mesmo tendo originalmente o público infantil como alvo. O episódio de estreia deixou mesmo essa marca e foi acima do esperado. Com direito à algumas surpresas. Ainda é cedo pra dizer se a série vai vingar, mas isso não podemos ter dúvida. Ultraman Geed teve uma excelente estreia, nos deu um aspecto mais realista possível. Há um número maior de personagens e cada um tem papel fundamental para o andamento. E é claro, a nova atração em nada desmerece Ultraman Orb. Porém, Ultraman Geed trouxe mais um diferencial que vai mexer com o público de longa data, principalmente. Mais e mais surpresas virão para os amantes das séries Ultra e de ficção científica.

E uma curiosidade: Riku Asakura (interpretado pelo jovem talentoso Tatsuomi Hamada) carrega uma frase de efeito e ao mesmo tempo tao profunda: "Gente parada dorme no ponto!" Com certeza a referência está ligada ao esforço e determinação que cada um de nós temos que ter, assim como os lendários Ultramen nos ensinaram no passado. Vale a reflexão.

5 comentários:

  1. César, o ep já está disponivel ? Entrei ontem e não estava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está sim, Bond. Estreou sexta à noite com o a pré-estreia e o primeiro episódio. Toda sexta às 22h30 tem um novo episódio de Ultraman Geed na Crunchyroll.

      Excluir
  2. Entrei pelo PS3 e nem em ingles está disponivel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No aplicativo tá normal, Bond. Inglês e português.

      Excluir