sexta-feira, 23 de junho de 2017

Girls in Trouble tem Herbaira sedenta por sangue como jamais visto antes

As garotas em apuros

Para entender os eventos de Gavan vs. Dekaranger, é preciso assistir primeiro a esse filme. Inicialmente a apresentou Girls in Trouble: Space Squad Episode Zero como "um filme de ação com garotas sensuais". Daí foi mexendo com a imaginação do público masculino - é óbvio - além das divulgações oficiais de que se tratava do filme mais violento da série e que trazia a nova versão de uma antiga vilã das séries Metal Hero.

Não foi bem um filme com erotismo, apesar de pouco fanservice e de ser um elenco praticamente formado por mulheres. A atmosfera foi diferente, pelo menos no início da trama. Ao menos as protagonistas serviram como chamariz. Como o momento é de crossover entre Gavan e Dekaranger - esqueça o Jaspion por enquanto - a intensão do diretor Koichi Sakamoto e do roteirista Naruhisa Arakawa era unir as garotas das duas mitologias, que, por fim, fazem parte do mesmo universo. Daí tivemos o encontro da dupla Umeko/Deka Pink e Jasmine/Deka Yellow com o trio Shelly, Sissy e Tamy. Respectivamente as assistente dos novos Gavan, Sharivan e Shaider.

O filme começa num misterioso dome onde as garotas estão presas e não se lembram como foram parar ali. Além das garotas citadas há pouco, também estão as novatas Vivian (este foi o nome da filha do Comandante Qom, interpretada por Kiyomi "Anri" Tsukada num episódio de Shaider) e Maki. Para sobreviver, elas tem que enfrentar uma versão monstruosa de Herbaira (Hellvira), a vilã assassina da série Spielvan (de 1986). A nova Herbaira é muito mais sanguinária e não perdoa ninguém. Tudo do jeito que remete aos clássicos hollywoodianos como Alien e O Predador. Surge também a nova Benikiba (baseada na vilã original de Jiraiya, série Metal Hero de 1988) que, no passado, teve um determinada passagem pela Polícia Galática. Como complemento na trama, também surge a Secretária Sophie (erroneamente chamada por desavisados como "a chefe do Gavan") que tem um papel fundamental para os eventos deste prólogo.

Mais uma vez a antiga trilha sonora do grande Chummei Watanabe se destaca numa série totalmente moderna. Em Girls in Trouble - nome de um dos temas de encerramento de Dekaranger - podemos ouvir mais uma vez as BGMs de Shaider e Sharivan sendo tocadas. A última vez aconteceu nos dois filmes da série Uchuu Keiji NEXT GENERATION. Assim o filme foge em alguns momentos do clima tenso de terror/suspense proposto. Dosando momentos de graciosidade e fortes cenas de violência.

O single de Girls in Trouble foi lançado em janeiro deste ano e foi interpretado pelas atrizes Ayumi Kinoshita (Jasmine), Mika Kikuchi (Umeko), Suzuka Morita (Shelly), Misaki Momose (Sissy) e Mayu Kawamoto (Tamy). O mesmo é o tema de encerramento intitulado como "Girls Say Halleluya". Mika e Ayumi (esta última anunciou recentemente sua segunda gravidez) continuam transmitindo a mesma graciosidade dos tempos de Dekaranger nas manhãs de domingo, mesmo agora que ambas estão na casa dos 30 anos de idade.


A monstruosa Herbaira

Nenhum comentário:

Postar um comentário