segunda-feira, 27 de julho de 2015

Tetsuo Kurata teria se humilhado para voltar a interpretar Kamen Rider Black

O ator na última edição do Anime Friends (Foto: Divulgação/Bone Lopes)

Depois de mais de uma semana da edição deste ano do Anime Friends, em São Paulo-SP, Tetsuo Kurata ainda é um dos assuntos mais comentados na tokunet brasileira. O ator que deu a vida ao herói Issamu Minami (Kotarô Minami no original) nas séries Kamen Rider Black e Kamen Rider Black RX esteve em nosso país e contou curiosidades sobre sua carreira e, claro, sobre o personagem que fez sucesso no Japão e também no Brasil.

Uma das curiosidades que chamaram atenção foi como o ator conseguiu o feito de voltar a interpretar Minami nas séries Kamen Rider. Seu retorno se deu em julho de 2009 num arco duplo da série Kamen Rider Decade, onde Kurata viveu duas versões alternativas de Minami e bem distintas do que vimos nas séries originais (entenda melhor essa questão aqui).

Na realidade, o ator teria pedido a viúva do mangaká Shotarô Ishinomori pra que ela intermediasse entre o ator e a Toei Company para participar da série daquele ano. Decade foi uma série onde havia uma homenagem aos dez anos dos Heisei Kamen Riders (assim como sugere o próprio nome do então herói do momento), porém apresentava versões alternativas dos heróis. Sabendo da tal conversa, um jornalista local lançou uma nota sobre o assunto e a coisa foi viral na imprensa japonesa, antes de um anúncio oficial do estúdio. Sendo obrigada a aceitar, a Toei - contra sua própria vontade - escalou Kurata nos episódios 26 e 27 de Decade e mais o summer movie do herói (em agosto do mesmo ano). Visto que o estúdio não tinha nenhum plano para seu retorno.

Ironicamente, foi uma trapaça que deu um empurrãozinho pra volta de Issamu Minami na TV japonesa. Infelizmente, como há uma interação limitada entre Japão e Brasil sobre o que acontece na carreira dos atores japoneses de tokusatsu, na época, alguns fãs mais afoitos logo pensaram que "Black era o maioral dos Kamen Riders" como se ele fosse o grande favorito dos japoneses, como é o caso do Brasil. Aliás, como o próprio Kurata contou no evento, apesar de Black ter sido inovador e mais sombrio, quem fez mais sucesso foi Black RX, por ter voltado um pouco às origens de Kamen Rider. Ele sim é um dos mais lembrados pelos japoneses.

Em 2008, meu amigo Michel Matsuda, que reside no Japão, chegou a traduzir duas entrevistas com Kurata em seu blog, o UNIVERSO OTAKU, feitas originalmente pelas revistas Hyper Hobby e Figure-Oh. Nesta última, Kurata confessou que gostaria de retornar ao papel que o consagrou, nem que fosse numa série de 13 episódios e que fosse ao ar nas madrugadas.

O mais estranho é que Kurata meio que teve que se humilhar (no sentido de ser humilde ou mesmo de implorar) pra voltar a encarnar Issamu Minami de alguma forma. E como todos sabemos, a Toei é um estúdio difícil quando se trata de chamar artistas que estrelaram heróis, pelo menos até alguns anos atrás. Independente de ser estranho ou não, foi algo que deu certo e que mudou parte do conceito dos Riders, envolvendo a coexistência de Black e RX. Sem contar que alguns atores, como o veterano Hiroshi Fujioka (Kamen Rider Ichigô), também ressurgiram em filmes da franquia.

Ainda no evento, Tetsuo teria feito exigências e evitado uma maior interatividade com os fãs, no momento dos autógrafos. Confira.

2 comentários: