quinta-feira, 23 de julho de 2015

Sana 2015 - Renovando o espírito tokusatsu

De 17 a 19 de julho aconteceu a 15ª edição do Sana. Como bem manda a tradição do calendário das férias do meio do ano de Fortaleza-CE. Mais uma vez estive servindo como

César, Henrique, Diego e Júlio -
os palestrantes da Henshin Gattai
palestrante, juntamente com meus amigos do Grupo Henshin Gattai. Comigo estavam Diego Pontes, Carlos Henrique e Júlio Cavalcante.

Desta vez fizemos palestras em número maior. Cinco apresentações. Duas no Sana Nostalgia com os temas “Os desenhos americanos de co-produções japonesas” (sábado, 18) e “A censura nos desenhos e seriados dos anos 80 e 90: o que mudou?” (domingo, 19). Esta é uma novidade no espaço que aconteceu sempre ao meio-dia e foram apresentadas por Henrique e Júlio e com leves auxílios deste blogueiro.

As outras três apresentações aconteceram no espaço Sana Tokusatsu, que agora está com uma nova roupagem. Voltamos com a ideia da sala temática que lotou bastante. E até mais do que na vez passada, em julho de 2013. Lá tivemos exposições de materiais ligados ao mundo das séries japonesas com efeitos especiais como Jaspion, Changeman, Ultraman, Sharivan, Patrine, Godzilla, Lion Man, Kamen Rider, Cybercop, etc. Em tempos de múltiplas escolhas de programação, aderimos algo diferente durante as exibições. O próprio público escolhia o que queria ver na hora e foi algo que deu certo e teve boa recepção de todos. Sem medo de afirmar, digo que a coisa superou a média de espectadores das últimas edições do evento. E particularmente fico feliz pelo resultado positivo. Ah, não posso esquecer dos brindes e sorteios que movimentaram também o espaço durante toda a programação.

Banner comemorativo de 15 anos do evento no espaço Sana Tokusatsu

E as palestras? Teve o mesmo feito. Conseguimos reunir não só o público da saudosa Geração Manchete, mas também jovens e adolescentes e crianças que estão acompanhando de alguma forma as novas produções como Kamen Rider, Super Sentai e Ultraman. No sábado, Diego e eu apresentamos o tema “As produtoras de Tokusatsu: quem são e o que produziram”. Em seguida Henrique e eu comandamos o tema “Tokusatsu VS Tokusatsu: Sentais e Riders à luz do passado”. No domingo, o mestre Marcus Henrique apresentou o interessante tema “A psicologia do Tokusatsu clássico: quem é o herói japonês?”.

E fechamos a sala com chave de ouro com o controverso e tão esperado tema “Power Rangers vs. Super Sentai: Diferenças e Semelhanças”. O embate que fez a sala sangrar faíscas deu o que falar foi dividida por dois lados. Os super-esquadrões orientais foram defendidos por Diego e Henrique, enquanto Júlio e eu defendemos as versões adaptadas nos EUA. Bem, originalmente nossa intenção foi mostrar as diferenças entre as duas culturas. Mas acabamos por fazer uma "disputa" pra saber qual das duas franquias eram a mais querida pelo público. Claro, fizemos de forma pacífica e descontraída. O público que esteve presente com certeza se divertiu à beça. E isso é algo bem interessante em tempos onde há uma certa idolatria pelos Sentais e ódio injustificável pelos Rangers por alguns fãs. Olha, posso dizer que amenizamos essa discussão que poderia ser mais pacífica na internet. Eu me diverti assim. Foi mais que saudável e rendeu boas risadas de todos.

It's fighting time!

Apesar da correria dos dois últimos dias de evento (os quais eu estive presente), pude dar uma volta, tirar algumas fotos de cosplays, comprar alguns action figures, rever amigos (apesar de infelizmente não ter encontrado todos), e ainda pude assistir uma palestra com o dublador Charles "Tenma de Pégaso" Emmanuel.

Apesar do cansaço, ter aproveitado meus últimos dias de férias e voltar ao batente, estou com o tamashii (espírito) renovado e feliz por termos feito mais um excelente e marcante trabalho. Na certeza de que fizemos nossa parte para que a cultura do tokusatsu se fortaleça na capital alencarina e na esperança de continuarmos em muitos e muitos eventos no futuro. Afinal, o tokusatsu ainda vigora em Fortaleza e há de se perpetuar para as novas gerações.

Algemado pela Kiriko (por Eliany Porto)

Quero agradecer de coração ao mestre Marcus, ao meus diretores Herick Holanda (nosso padrinho do Sana Tokusatsu) e Leandro Alves (Sana Nostalgia) pela oportunidade que eles deram a nós da HG há dois anos atrás e por acreditar em nós. Certamente essa parceria irá se estender por muito tempo. Fica também os agradecimentos ao meu irmãozinho Wylcker Fernandes (que esteve apenas nos bastidores de conteúdo das palestras) e ao meu amigo Flávio Lloween (que não pode estar por motivos de força maior).

E vamos que vamos, pois o Sana Fest 2016 vem aí, nos dias 23 e 24 de janeiro. Sigam-me os bons!

PS: Agradecimentos ao grande Raphael Maiffre pela força na fan page do Dia do Tokusatsu no Facebook.

Depois de muito trabalho, nossa foto oficial

Nenhum comentário:

Postar um comentário